Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8

O Pacto Imperial - Origens do Federalismo no Brasil (Cód: 182490)

Dolhnikoff, Miriam

Globo Editora

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 39,00

em até 1x de R$ 39,00 sem juros
Cartão Saraiva: 1x de R$ 37,05 (-5%)

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 1x sem juros de


O Pacto Imperial - Origens do Federalismo no Brasil

R$39,00

Descrição

Em sua obra a autora demonstra como, a partir do período regencial (1831-1837), num processo que se consolida ao longo do Segundo Reinado, configurou-se em nosso país um arranjo político-institucional marcado pelo federalismo. Dessa maneira, a unidade nacional e a consolidação do Estado só foram alcançadas com a ativa participação das elites políticas provinciais, organizadas nas assembléias provinciais e representadas na Câmara dos Deputados, através de constante negociação com o centro de poder, representado pela Corte do Rio de Janeiro. Assim, o federalismo no Brasil teria suas origens no Império e não na República e foi responsável por conferir determinada dinâmica ao Estado brasileiro com a intensa participação das elites regionais. Ao evidenciar que durante a maior parte do tempo a historiografia brasileira operou com falsos dilemas como o da oposição entre centralização e descentralização política na construção e no funcionamento do Estado brasileiro, Mirian Dolhnikoff enfrenta, com êxito, o desafio da historiografia contemporânea que é o de retornar aos temas reputados como clássicos, propondo novas sínteses, com base em extensa pesquisa documental. Ela demonstra que as iniciativas tomadas pelos liberais moderados significaram o esvaziamento crescente das Câmaras Municipais, através de crescentes restrições orçamentárias e da redução drástica de sua competência legislativa. Assim, os setores fortalecidos pela reforma constitucional foram as lideranças provinciais que passaram a contar com instrumentos para a 'domesticação' dos poderes exercidos localmente. É neste ponto que a obra propõe uma verdadeira reviravolta nas interpretações clássicas sobre o tema da construção do Estado no Brasil ao demonstrar que a reação conservadora, ou o movimento que ficou conhecido como o Regresso, após a fase liberal da Regência, preservou, em sua essência, o arcabouço constitucional construído nos anos 1830, com destaque para a manutenção da autonomia provincial.

Características

Peso 0.37 Kg
Produto sob encomenda Sim
Editora Globo Editora
I.S.B.N. 8525040398
Altura 20.80 cm
Largura 13.70 cm
Profundidade 1.50 cm
Número de Páginas 336
Idioma Português
Acabamento Brochura
Cód. Barras 9788525040398
Número da edição 1
Ano da edição 2005
País de Origem Brasil
AutorDolhnikoff, Miriam