Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8
  • Google Plus

O Poder da Solução (Cód: 127893)

Shinyashiki, Roberto T.

Gente

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 29,90
Cartão Saraiva R$ 28,41 (-5%) em até 1x no cartão

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


O Poder da Solução

R$29,90

Descrição

O que é um problema para você? Um fantasma que o persegue pela vida afora e você nunca consegue exorcizar? O autor afirma que problemas não foram feitos para serem alimentados como bichinhos de estimação. Eles devem ser resolvidos e utilizados como alimento do nosso crescimento interior. O autor fala sobre problemas, mas nos apresenta uma obra sobre soluções e sonhos. Dar a dimensão correta a cada dificuldade, saber diferenciar os problemas concretos dos imaginários e encontrar a melhor solução para cada um deles são algumas das orientações encontradas neste livro. 'O Poder da Solução' traça dois caminhos: um que vai ajudar o leitor a realizar seus sonhos e outro que vai ajudá-lo a enxergar os problemas como oportunidades únicas.

Características

Produto sob encomenda Sim
Editora Gente
Cód. Barras 9788573123937
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 8573123931
Profundidade 1.00 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2003
Idioma Português
País de Origem Brasil
Número de Páginas 198
Peso 0.24 Kg
Largura 13.50 cm
AutorShinyashiki, Roberto T.

Leia um trecho

Há pessoas que, quando vêem o circo pegar fogo, em vez de ajudar a apagar o incêndio colocam mais gasolina nele. Sei que você deve estar sofrendo com o seu problema, mas será que está fazendo o que é necessário para resolvê-lo ou, pelo contrário, suas ações estão fornecendo mais combustível à situação? Talvez neste momento você esteja se sentindo cansado de carregar a sua vida por causa do peso dos seus problemas. Pode ser que seus problemas tenham se tornado mais pesados do que realmente são porque sua primeira atitude diante deles foi inteiramente inadequada para resolvê-los. É muito importante analisar se suas ações colaboram para apagar o incêndio ou se, pelo contrário, suas reações complicam ainda mais a situação. Lembre-se: se você quer que algo aconteça de forma diferente na sua vida, também deve fazer algo diferente. Infelizmente, a maioria das pessoas não trata seus problemas com a atenção e o cuidado que eles merecem. Transforma sua vida num verdadeiro inferno por não ter coragem de enfrentar os problemas com firmeza ou por insistir em fórmulas desgastadas, que já se mostraram ineficientes no passado. Você nega o problema Se você está negando algum problema em sua vida, é chegada a hora de assumir a realidade e atacar esse problema de frente, para que sua vida possa voltar a lhe dar os prêmios que você merece. Se não acordar agora, provavelmente continuará a ser castigado por ter se acomodado diante de seus desafios. Você briga com alguém Gritos são o melhor combustível de quem quer ver o incêndio aumentar. As brigas são ruins porque, além de criar novos problemas, deixam todo mundo inseguro, chateado e, principalmente, deslocam o foco da ação para as pessoas. Em vez de se centrar no problema, são os donos dos gritos que passam a merecer atenção. Gritos são somente uma demonstração de pobreza de espírito. Gritos não resolvem nada porque não alteram as causas do problema. Gritar, brigar, demitir alguém e falar sem refletir são atos que proporcionam apenas um alívio temporário para quem está gritando. É como o pai que grita com a filha adolescente que engravidou. Depois das brigas, há dois problemas para resolver: organizar a vida dessa adolescente para receber seu filho e apagar a mágoa causada pela humilhação e pela gritaria. Quando o filho vai mal na escola e o pai briga com a criança e briga com a mãe, cria-se um clima péssimo dentro de casa. Além do problema escolar do filho, agora ele terá de administrar as conseqüências dos desentendimentos com a família. Gritos são sinais de impotência. A mãe que grita com a filha que não passou no vestibular é a pura manifestação da incapacidade de ajudar a filha a superar seu desafio. A esposa que grita com o marido que sempre chega tarde em casa é o retrato da incapacidade de transformar um relacionamento que está desmoronando. Será que ela pensa que o marido vai voltar correndo para casa somente para evitar brigas? Por mais contraditório que pareça, esse tipo de agressão é típico de pessoas fracas! Pessoas inseguras querem mandar nos outros para ver se conseguem controlar a própria insegurança. Só se sentem seguras quando os outros têm medo delas. Respon- Respondem às dificuldades impulsivamente porque não têm equilíbrio nem força interior para elaborar uma solução pacificadora. Limpe seu coração e silencie sua mente para encontrar a melhor solução. Não reaja à pressão dos outros. Quando perceber que está quase explodindo, dê-se um tempo para buscar o equilíbrio interior. Assim, certamente fará o melhor para você e para os outros. À medida que você controlar os seus nervos e aprender a conversar sobre as suas dificuldades sem agredir ninguém, mantendo a presença de espírito, vai perceber que, além de resolver seus problemas com menos sofrimento, sua alma ficará muito mais forte. Você fica com vergonha. Geralmente os problemas são uma queda no meio de uma trajetória de sucessos. Pior do que a queda, porém, é a vergonha de deixar de ser bem-sucedido, que faz com que a pessoa se isole e não peça ajuda àqueles que poderiam auxiliá-la a sair da dificuldade. O que isso significa? Você tinha um casamento admirado por todo mundo, e de repente sua companheira decidiu separar-se. Você estava em um emprego sensacional, com muitas mordomias, e, inesperadamente, foi demitido. Você era dono de uma empresa maravilhosa que estava indo muito bem, mas veio uma crise e, quando você se deu conta, não tinha mais crédito nos bancos e a falência se tornou inevitável. Todos admiravam seu sucesso, e agora você está por baixo... Uma das maiores bobagens que as pessoas podem fazer no meio de acidentes de percurso como esses é ficar com vergonha, ter medo de perder o status e se esconder dos entes queridos. Muitas vezes a família e os amigos querem e podem ajudar, mas o isolamento que a pessoa se impõe a impede de encontrar a solução. Se o seu circo estiver pegando fogo, em vez de lutar sozinho peça ajuda a quem pode colaborar com você nessa situação. A vergonha é uma das piores reações emocionais que alguém pode ter. É uma praga dos nossos tempos. É uma sombra permanente na vida da maioria das pessoas. É um mal silencioso e traiçoeiro. Essa sensação de inadequação não significa que a pessoa fez algo errado, é simplesmente a sensação de estar errado em uma situação completamente normal. Se mesmo quando tudo está certo muitas pessoas se sentem envergonhadas, imagine então quando elas têm um problema? Nessas situações, muitas pessoas querem desaparecer quando encontram um conhecido. Você fica deprimido; Não adianta ficar chorando enquanto o circo pega fogo. Nem que você chore rios de lágrimas elas servirão para apagar o incêndio. Primeiro porque, por mais dolorido que seja o seu choro, a água será pouca e, principalmente, estará em lugar errado. A depressão é uma tentativa de congelar o tempo na ilusão de que fazendo isso o problema será resolvido. Ao contrário da pessoa que nega o problema, o depressivo não só reconhece sua existência como tende a aumentá-lo. No entanto, em vez de olhar para o futuro, ele fica olhando o passado e se torturando de duas maneiras: culpando-se por algo que deveria ter feito e não fez e remoendo-se de ressentimento de alguém que não agiu como ele gostaria. Se o filho está usando drogas, o pai depressivo fica se culpando pelos passeios que não fez com o menino e por não ter conversado com ele ou então fica ressentido com a esposa por achar que ela mimou demais o garoto. Quando entra em depressão, a pessoa alterna períodos em que se culpa intensamente com outros em que joga a responsabilidade por seu problema nas costas de outra pessoa. Se você está vivendo um problema grave e mergulhou em depressão, observe esse movimento no jogo de procurar culpados. Hoje cedo você provavelmente se culpou por algo que fez, a causa de todo esse problema. Torturou-se intensamente com todas as acusações possíveis até que, perto da hora do almoço, você sentiu uma necessidade imensa de se livrar do mal-estar e começou a acusar outra pessoa. Normalmente a acusação começa com a frase “ela não poderia ter feito isso comigo”, que em seguida muda para: “Como ela foi fazer isso comigo?” Os nossos problemas acontecem agora, neste instante, hoje. Enfrentá-los imediatamente é a única maneira sadia de resolvê-los. Se você não agir hoje, no fim da noite terá mais um dia para se arrepender, porque hoje é o ontem de amanhã. Se você não agir agora e ficar olhando para o passado, terá mais um motivo para se culpar amanhã. Com certeza as causas dos seus problemas estão no passado, mas a saída para eles indiscutivelmente está no presente, em determinar o futuro que você quer e começar a agir agora. Portanto, levante a cabeça, olhe para o futuro e tome a iniciativa de agir no presente para que sua vida seja do jeito que você merece.

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: O Poder da Solução