Frete Grátis
  • Google Plus

O Problema da Incredulidade no Século Xvi - A Religião de Rabelais (Cód: 2624082)

Febvre,Lucien

Companhia Das Letras

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 69,90 em até 2x de R$ 34,95 sem juros
Cartão Saraiva R$ 66,41 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 3x de R$ 23,30 sem juros
Grátis

Cartão Saraiva
Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto
?

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 18:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

Formas de envio Custo Entrega estimada
X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

O século xvi tem uma história repleta de eventos influentes e personagens marcantes, dos Grandes Descobrimentos à Reforma Protestante, de Leonardo da Vinci e Michelangelo a Shakespeare. Cada um deles mereceu muitos estudos e gerou várias polêmicas. Mas poucos livros são tão originais como este, pois o historiador Lucien Febvre não examina uma presença naquele momento, e sim uma ausência — a noção de descrença. O ponto de partida para essa análise refinada foi um estudo publicado em 1924 por um especialista na literatura do Renascimento, Abel Lefranc, para quem o escritor François Rabelais teria sido “ateu militante”.

O caminho que Febvre segue para refutar essa ideia é demonstrar que Rabelais não poderia ter sido ateu pela simples (na verdade complexa) razão de que o século xvi desconhecia o conceito de descrença. Lefranc teria confundido a visão rabelaisiana do cristianismo, crítica em relação às instituições eclesiásticas e à multiplicação supersticiosa dos milagres, com ateísmo. A rigor, Rabelais é um cristão desiludido. Sua proposta é a volta aos preceitos evangélicos, e muita prece.

Como nota Febvre, não era fácil para um homem de então, por mais inconformista que fosse, romper com os usos e costumes dos grupos sociais de que fazia parte; é inegável a “religiosidade profunda da maior parte dos criadores do mundo moderno”.

Características

Produto sob encomenda Sim
Editora Companhia Das Letras
Cód. Barras 9788535913286
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 9788535913286
Profundidade 1.00 cm
Tradutor Maria Lúcia Machado
Número da edição 1
Ano da edição 2009
MÊS FEVEREIRO
Idioma Português
País de Origem Brasil
Número de Páginas 520
Peso 0.44 Kg
Largura 14.00 cm
AutorFebvre,Lucien

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: O Problema da Incredulidade no Século Xvi - A Religião de Rabelais

O Problema da Incredulidade no Século Xvi - A Religião de Rabelais (Cód: 2624082) O Problema da Incredulidade no Século Xvi - A Rel... (Cód: 2624082)
R$ 69,90
O Problema da Incredulidade no Século Xvi - A Religião de Rabelais (Cód: 2624082) O Problema da Incredulidade no Século Xvi - A Rel... (Cód: 2624082)
R$ 69,90