Frete Grátis
  • Google Plus

O Urso Terrorista (Cód: 9344245)

Masetti,Mario

S? Editora

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 37,00 R$ 29,60 (-20%)
Cartão Saraiva R$ 28,12 (-5%) em até 1x no cartão
Grátis

Cartão Saraiva
Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto
?

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 18:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

Formas de envio Custo Entrega estimada
X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

'Artêmio Siqueira, um ator das antigas, está em uma peça de teatro onde aparece apenas no início e no final. Um dia, entediado, resolve ir até um bar para tomar uma cerveja enquanto rola o espetáculo, e isso vira um hábito. Até que…. Pedro Borges, considerado um dos melhores atores do Brasil, retorna à sua cidade natal para a apresentação de uma peça de sucesso e, no momento de maior intensidade, dá um branco. Teatro João Caetano, estreia de “Lampião”, com o famoso ator Carlos Vianna no papel título. Quando solenemente diz “Meu nome é Lampião, cabra valente do sertão”, uma voz vem lá do fundo e acaba com ele: “Cala a boca, baixinho!”.
Em 21 saborosas histórias como essas, o tom descontraído e a linguagem apurada do autor mapeiam as emoções. “Afinal, contar histórias é o que o brasileiro sabe fazer de melhor. Melhor até que jogar sinuca”, explica o cineasta e escritor Mario Masetti. E o livro faz jus ao título. Inicialmente seria uma série de TV intitulada “Sai Dessa”, mas o projeto ainda não se concretizou. As histórias ficaram paradas, mas seus personagens teimavam em voltar e brigar por um papel. Mario resolveu transformar os textos em contos, aproveitando a força da realidade com uma boa dose de ficção.
Além do material de pesquisa e as histórias selecionadas, outra fonte de inspiração foi o filme “Boleiros”, de Ugo Georgetti, amigo querido e com quem já fez vários filmes, companheiro de muitas conversas para pensar a vida. “O Ugo dizia que Boleiros poderia ser sobre poetas, contadores, advogados, arquitetos, o que vale mesmo é que todo mundo vai pro boteco sexta-feira à noite para desestressar e trocar histórias”.
Mario afirma que todas as saias justas são verdadeiras, a maior parte delas ele ouviu de um grupo de atores que semanalmente se reúne em um boteco para jogar sinuca, tomar cerveja e conversar. Ele optou por não colocar os nomes reais dos personagens que protagonizaram essas situações engraçadas e emocionais. “Tive a preocupação de não entregar ninguém e não criar constrangimentos, mas todas essas histórias aconteceram mesmo”, garante.
Para ele, o livro tem como objetivo, além do entretenimento, formar um painel da atividade artística brasileira, contemplando o que a profissão tem de mais essencial: a diversão, a solidariedade e a capacidade de se livrar dos piores “micos” com bom humor e comprometimento.
No prefácio, o autor, dramaturgo, diretor e jornalista Oswaldo Mendes sinaliza até uma continuação: “Mario Masetti, que por décadas transita nessas três áreas de criação, reúne neste livro alguns casos que, ele diz, são uma pequena amostra de como levamos a nossa vida. Mais que isso, desvendam as pequenas misérias e grandezas de um cotidiano de equilibristas apaixonados pelo seu fazer. Casos que ajudam a compor a biografia de consagrados e anônimos profissionais, atores famosos e obscuros contrarregras ou cenotécnicos. Casos que, de tantos, certamente deverão inspirar o autor a escrever novas coletâneas como esta”.
As histórias não vão interessar apenas a quem é do ramo, salienta Masetti, e acredita que o livro tem tudo a ver com a nova geração: “Hoje em dia, é difícil dizer qual é o jovem que não pensou em ser artista, participar de um grupo de teatro, fazer televisão, ter sua banda, fazer literatura, grupo na periferia, na escola. A ideia dos coletivos, dos grupos, está voltando à tona de uma maneira muito efetiva. Acho que o livro tem um humor que mostra o mundo da cultura e das artes em geral de uma maneira acessível para espectadores jovens. E os artistas que tiveram perto dessas situações vão relembrar com muita alegria.'

Características

Produto sob encomenda Não
Editora S? Editora
Cód. Barras 9788582020487
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 9788582020487
Profundidade 0.70 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2016
Idioma Português
Número de Páginas 128
Peso 0.16 Kg
Largura 14.00 cm
AutorMasetti,Mario

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: O Urso Terrorista

O Urso Terrorista (Cód: 9344245) O Urso Terrorista (Cód: 9344245)
R$ 29,60
O Urso Terrorista (Cód: 9344245) O Urso Terrorista (Cód: 9344245)
R$ 29,60