Artboard 33Artboard 16Artboard 18Artboard 13Artboard 42Artboard 21Artboard 4Artboard 5Artboard 45Artboard 22Artboard 7Artboard 42Artboard 23Artboard 12Artboard 28Artboard 17?Artboard 28Artboard 43Artboard 49Artboard 47Artboard 15Artboard 32Artboard 6Artboard 22Artboard 5Artboard 25Artboard 1Artboard 42Artboard 11Artboard 41Artboard 11Artboard 23Artboard 10Artboard 4Artboard 9Artboard 6Artboard 8Artboard 7Artboard 3Artboard 12Artboard 25Artboard 34Artboard 43Artboard 44Artboard 16Artboard 24Artboard 13Artboard 5Artboard 24Artboard 31Artboard 1Artboard 12Artboard 27Artboard 30Artboard 36Artboard 44Artboard 9Artboard 17Artboard 6Artboard 27Artboard 30Artboard 29Artboard 26Artboard 2Artboard 20Artboard 35Artboard 15Artboard 14Artboard 50Artboard 26Artboard 14Artboard 40Artboard 21Artboard 10Artboard 37Artboard 46Artboard 33Artboard 8
e-book

Obsessão e psicanálise depois de Freud (Cód: 7605320)

Ramos,Gustavo Adolfo

Editora Da Unicamp (Edi??o Digital)

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 35,00

em até 1x de R$ 35,00 sem juros

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 1x sem juros de


Obsessão e psicanálise depois de Freud

R$35,00

Descrição

Há na neurose obsessiva um núcleo de loucura muito proeminente. Loucura aqui tem o sentido de falsificação violenta da realidade, de tentativa de tradução violenta, como uma identificação projetiva, que busca pôr sentido onde não há, pois ali não houve metabolização. Esse núcleo diz respeito a uma crença ou a um conjunto de crenças autorreferentes, que giram em torno da ideia de grandeza do eu. Boa parte das defesas, sobretudo aquelas que têm o caráter de controle e onipotência, visa manter esse núcleo de crenças. E este último, por sua vez, parece surgir na relação com a mãe. O obsessivo pode, então, ter criado uma “ilha”, que ele “habita” e preserva. Essa “ilha” é, talvez, a “projeção”, não no sentido psicanalítico tradicional, mas no imagético-geométrico, da relação com sua mãe.

Características

Peso 0.00 Kg
Produto sob encomenda Não
Marca Editora Da Unicamp (Edi??o Digital)
Idioma 333
Acabamento e-book
Cód. Barras 9999076053205
Número da edição 1
Ano da edição 2012
AutorRamos,Gustavo Adolfo