Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8
e-book

Os aviões ficaram no chão (Cód: 9322675)

Magalhães, Mário

Companhia Das Letras (Edição Digital)

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

Grátis

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Os aviões ficaram no chão

R$0,00

Descrição

Neste capítulo de Marighella — O guerrilheiro que incendiou o mundo, o jornalista Mário Magalhães reconstitui a luta do protagonista contra o Golpe de 64, que agora completa 50 anos. A narrativa se estende do dia 30 de março de 1964, dia em que João Goulart pronunciaria seu último discurso em solo brasileiro, até o início de abril, quando Marighella, uma semana depois da queda de Jango, tenta frear a ditadura nascente. Além dos movimentos de Marighella, 'Os aviões ficaram no chão' conta, no calor da hora de 50 anos atrás, as idas e vindas de Jango e dos governistas; de protagonistas e coadjuvantes militares ou paisanos, tanto golpistas quanto legalistas; de Luiz Carlos Prestes e do Partido Comunista Brasileiro; da CIA e do Departamento de Estado dos Estados Unidos; dos sindicalistas que apoiavam o governo e da polícia política que os perseguia; de quem matou e foi morto na virada de março para abril. Histórias de tirar o fôlego, esmiuçando as jornadas que convulsionaram e mudaram o país.

Características

Peso 0.00 Kg
Produto sob encomenda Sim
Marca Companhia Das Letras (Edição Digital)
Número de Páginas 27 (aproximado)
Idioma 333
Acabamento e-book
Territorialidade Internacional
Formato Livro Digital Epub
Gratuito Sim
Proteção Drm Sim
Início da Venda 19/03/2014
Código do Formato Epub
Cód. Barras 9788580869781
Ano da Publicação 114
AutorMagalhães, Mário