Frete Grátis
  • Google Plus

Os Filhos do Barro - do Romantismo À Vanguarda - Nova Ortografia (Cód: 4959083)

Paz,Octavio

Cosac Naify

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 49,90
Cartão Saraiva R$ 47,41 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 2x de R$ 24,95 sem juros
Grátis

Cartão Saraiva

Descrição

OS filhos do barro são os seres criados por Deus – metáfora da imortalidade, pois a vida nos foi dada por um gesto onipotente. Mas os filhos do barro são também criaturas feitas de nada além de puro barro, matéria que volta ao lugar de onde veio – metáfora da mortalidade. A ideia miraculosa da imortalidade é apenas uma das faces da poesia: a analogia. Sua outra face, a visão crítica da modernidade e a consciência de sermos apenas mortais, é a ironia. Em Os filhos do barro, numa análise precisa sobre o significado e as transformações da poesia no século XX, Octavio Paz mostra que também na linguagem do ensino é possível reunir analogia e ironia: um lugar em que o teórico pode ser igualmente poético.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Cosac Naify
Cód. Barras 9788540503656
Altura 24.00 cm
I.S.B.N. 9788540503656
Profundidade 2.00 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2013
Idioma Português
Número de Páginas 187
Peso 0.44 Kg
Largura 16.00 cm
AutorPaz,Octavio

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Os Filhos do Barro - do Romantismo À Vanguarda - Nova Ortografia