Frete Grátis
  • Google Plus

Os Meninos da Rua Paulo (Cód: 175853)

Molnar,Ferenc

Cosac Naify

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

Economize até R$ 20,48

R$ 18,53 (-5%) em até 1x no crédito R$ 18,53 (-5%) no boleto
R$ 39,00 R$ 19,50 (-50%)
Cartão Saraiva R$ 18,53 (-5%) em até 1x no cartão
Grátis

Cartão Saraiva

Descrição

Com mais de um milhão de leitores e oitocentas reimpressões só no Brasil, 'Os Meninos da Rua Paulo' é o clássico por excelência; pelo caráter universal e pela alta qualidade literária, mantém-se capaz de atingir um vasto público ao longo de décadas. A história dos garotos que defendem o 'sagrado grund', um pedaço de terra que serve de palco para as brincadeiras, projetou o húngaro Ferenc Molnár na literatura mundial, tornou-se um best-seller e inspirou cineastas por todo o mundo - das adaptações para o cinema, a mais conhecida é de Zóltan Fábri (1969). Está para nascer uma geração que não se identifique com o espírito de amizade e união presente no livro. Os garotos da Sociedade do Betume tinham duas importantes tarefas: manter o betume - símbolo da sociedade - sempre molhado, por meio da mastigação, e defender o grund, quartel general onde jogavam péla. Eis que os camisas-vermelhas, desterrados e, conseqüentemente, impedidos de jogar péla, declaram guerra à Sociedade e decidem tomar-lhe o grund. Do líder Boka ao soldado raso Nemcsek, a Sociedade do Betume se organiza para a grande batalha de Budapeste do começo do século. O que era brincadeira de criança transformou-se num belo retrato da infância. A tradução brasileira é assinada pelo escritor, tradutor e dicionarista Paulo Rónai, grande divulgador da literatura húngara no Brasil. Rónai chegou no Rio de Janeiro em 1941, fugido da guerra, e logo ganhou destaque no meio intelectual brasileiro. Apresentou diversas obras húngaras ao leitor brasileiro, como Os meninos da rua Paulo, traduzido em 1952, e clássicos da literatura universal, como A comédia humana, de Balzac, além de traduzir Memórias de um sargento de milícias, de Manuel Antônio de Almeida, para o francês. Esta nova edição traz um posfácio e notas do poeta e tradutor de origem húngara Nelson Ascher. Em suas palavras, Os meninos da rua Paulo 'lembra-nos de uma verdade tão central como óbvia: que, nas horas e situações decisivas de suas vidas, os jovens querem mesmo é estar uns com os outros. [...] É entre eles que se firma os vínculos mais vitais e se trocam as emoções mais profundas'.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Cosac Naify
Cód. Barras 9788575034316
Altura 20.00 cm
I.S.B.N. 8575034316
Profundidade 1.50 cm
Acabamento Brochura
Ano da edição 2005
Idioma Português
País de Origem Brasil
Idade recomendada Juvenil
Número de Páginas 256
Peso 0.30 Kg
Largura 13.00 cm
AutorMolnar,Ferenc

Avaliações

Avaliação geral: 5

Você está revisando: Os Meninos da Rua Paulo

Murilo recomendou este produto.
22/05/2016

Maravilhoso

Livro muito envolvente, com otimo enredo e personagens, apresenta um leitura dinâmica e nos lembra muito brincadeiras de infância. Super recomendo
Esse comentário foi útil para você? Sim (2) / Não (0)
bailajulia recomendou este produto.
04/03/2014

hyhhhh

eu nao ostei do final quando o lorinho morre
Esse comentário foi útil para você? Sim (1) / Não (15)