Frete Grátis
  • Google Plus

Os Municípios Se Sublimam na Metrópole (Cód: 4898104)

Cruz,Jório

Cubzac

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 25,00
Cartão Saraiva R$ 23,75 (-5%) em até 1x no cartão
Grátis

Cartão Saraiva

Descrição

“Os Municípios se Sublimam na Metrópole” é manifesto de reforma metropolitana. Dirigido a Prefeitos e Vereadores, políticos e juristas, especialistas em gestão urbana e à comunidade em geral, procura alertar sobre as responsabilidades municipais perante as metrópoles. Tenta mostrar, sobretudo, que os novos desafios urbanos não deixam de ser municipais, só porque as cidades ascenderam à condição metropolitana. Até o reconhecimento, em 1973, das grandes metrópoles brasileiras, as cidades eram municipais, tinham representação política e governança legítima. Porém, com as metrópoles, cresceu o vazio de governança e o distanciamento dos Municípios na gestão do interesse comum dos seus próprios munícipes, agora alçados à condição de comunidade metropolitana. O que melhor reflete o paradoxo desse vazio de governança e representatividade política é saber que essa comunidade representa quase a metade da população brasileira e é responsável pela maior parte da riqueza nacional. Riqueza de natureza econômica, social, cultural e política, que se expande numa espiral sem fim, nesses ambientes urbanos. Quando o governo autoritário, na década de 70, reconheceu a força das metrópoles, percebeu também que as pressões urbanas precisavam ser atendidas, mas na forma centralizada e peculiar do sistema autoritário de então. Praticamente excluiu os Municípios das decisões, mas investiu muito nas cidades-metropolitanas, com o apoio dos Estados. Os Municípios, desde então, se acostumaram à condição de beneficiários de empreendimentos urbanos estruturadores. Esqueceram, de certo modo, suas responsabilidades em relação às suas próprias cidades, em grande parte conurbadas entre si. Não perceberam que, conurbadas ou não, as cidades-metropolitanas são unas e indivisíveis, intermunicipais, e do interesse comum dessas municipalidades. Por três décadas as metrópoles brasileiras seguem sem governança e sem que os Municípios se interessem por elas. O livro não se dedica à crítica desse desinteresse, até porque mostra os vários meandros da gestão urbana, que teriam melhor qualidade num contexto de governança compartilhada entre o Estado e os Municípios. Mostra, por exemplo, como as metrópoles advêm de constelações de cidades-municipais, girando em torno de uma cidade-pólo, em geral capitais de Estado. No início, esses centros polarizados eram conhecidos como “cidades-dormitório”, que foram as primeiras manifestações de metropolização. Especula como seria a trajetória de desenvolvimento desses centros, se eles tivessem representatividade política e uma gestão com os Municípios legitimamente envolvidos. Como, ainda, um planejamento metropolitano resolveria conflitos que os planos diretores municipais não têm condições de resolver. Cresceu, nesses trinta anos de experiência, a crença de que as regiões metropolitanas são realidades que roubam poder dos Prefeitos. Em parte esse entendimento vem do fato de os Estados terem assumido as metrópoles como se fossem seus espaços de gestão. O que se pretende mostrar é que esses Prefeitos nunca perceberam que a metrópole é a cidade dos seus munícipes, pois oferecem oportunidades econômicas, sociais e culturais que são próprias da cidade, mas nem sempre territorialmente dos seus municípios. “Os Municípios se Sublimam na Metrópole” quando constatam que a cidade ultrapassa o território municipal e os Prefeitos se conscientizam de responsabilidades intransferíveis, que transcendem seus territórios municipais.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Cubzac
Cód. Barras 9788561293093
Altura 23.00 cm
I.S.B.N. 9788561293093
Profundidade 1.00 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2008
Idioma Português
Número de Páginas 127
Peso 0.23 Kg
Largura 16.00 cm
AutorCruz,Jório

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Os Municípios Se Sublimam na Metrópole