Frete Grátis
  • Google Plus

Paradoxos da Diferença - Etnicididade , Inimificação e Reconhecimento (Cód: 4876954)

Bem,Arim Soares do

Appris

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 39,00
Cartão Saraiva R$ 37,05 (-5%) em até 1x no cartão

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Paradoxos da Diferença - Etnicididade , Inimificação e Reconhecimento

R$39,00

Descrição

A presente obra articula reflexão teórica e análise histórica a trabalho de campo envolvendo dois países, a Alemanha e o Brasil, de finidos pela existência de modelos (descritivos e normativos) diametralmente opostos de abordagem e de objetivação do multiculturalismo.

O modelo característico da Alemanha embasa-se em práticas explícitas e radicais de exclusão, num contexto em que discursos e práticas sublimam a presença histórica e a interação com diferentes integrantes de minorias nacionais desde a segunda metade do século XVII. Os elementos da experiência alemã são recuperados por Arim Soares do Bem através de discursos contemporâneos de jovens alemães ocidentais, orientais e de origem estrangeira na cidade de Berlim antes, durante e após a queda do muro e compõem a primeira parte do livro.

O modelo característico do Brasil desdobra-se de longo processo histórico que carrega marcas profundas de um imaginário cristão medieval e patrimonial altamente excludente (Estatuto de Pureza do Sangue, Santa Inquisição) de índios e negros, transposto para o Brasil de modo vertical e interpelador. A porosidade entre as culturas adventícias e autóctones contribuiu, no entanto, para legitimar o funcionamento da sociedade brasileira a partir de mitos de inclusão, que vem sendo gradativamente desconstruídos a partir da segunda metade do século XX.



As particularidades do modelo brasileiro são tratadas, a partir de várias perspectivas temáticas e temporais, na segunda parte do livro e abarcam a análise das tensões e paradoxos da identidade nacional, da identidade de classe e do difuso sistema de classifi cação racial característico da sociedade brasileira. Em detrimento da existência de diferenças constitutivas fundamentais entre os dois modelos, tanto na Alemanha como no Brasil o racismo interpõe-se como um grande desafi o para o pleno desenvolvimento do multiculturalismo, como o demonstram os mecanismos e as estratégias de construção social de fronteiras e inimigos em ambos os contextos.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Appris
Cód. Barras 9788581921259
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 9788581921259
Profundidade 1.00 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2012
Idioma Português
País de Origem Brasil
Número de Páginas 210
Peso 0.27 Kg
Largura 15.00 cm
AutorBem,Arim Soares do

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Paradoxos da Diferença - Etnicididade , Inimificação e Reconhecimento