Frete Grátis
  • Google Plus
Livro Digital

Pastor, vocação ou profissão? (Cód: 8471911)

M. C. Bernardo

publique-se!

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 11,85
Cartão Saraiva R$ 11,85

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Pastor, vocação ou profissão?

R$11,85

Descrição

Ser pastor na pós-modernidade é um desafio dos mais árduos. A secularização empurrou as igrejas para as margens de nosso país. O relativismo moral que acompanha uma visão secular da realidade afetou profundamente a obra da igreja e o seu ministério. O ministério inserido nessa cultura e nela exercido torna-se um trabalho complexo. A mudança de pensamento teológico nos últimos vinte anos dessa era vem operando um recrudescimento no conteúdo bíblico pregado em algumas igrejas.
Um emaranhado de teorias filosóficas tece o novo pensamento evangélico, assim como suas tendências marxistas. Um segmento que mais se destaca é o movimento da Igreja Universal do Reino de Deus, que forma seus pastores para serem grandes gerentes comerciais. Os pastores da IURD, ensinam que as bênçãos, na forma de abundância e prosperidade, se transformam em uma dádiva, que Deus, em seu amor, promete graciosamente às suas criaturas, em um direito, que se pode exigir e cobrar de Deus.
Esse campo do pensamento filosófico que dissemina a teologia da prosperidade, por meio dos pastores da IURD, exalta indevidamente a prosperidade material, em detrimento de uma vida abundante em outras áreas da vida, como na fé, no amor e na esperança. Além disso, a sua base no direito e dever de cada fiel de ser próspero advoga uma escatologia já plenamente realizada no “aqui e agora”, contrariando a dialética paulina do “já e o ainda não”, tão característica nos testamentos.
Essa teologia tem fomentado um espírito marxista, egoísta e individualista nas congregações, descredibilizando o espírito de partilha e comunhão ensinadas pelo Senhor Jesus nos evangelhos. A teologia da prosperidade ensinada pelos pastores da IURD é puramente é exagerada e individualista. O pesquisador adentra a esses debates neste trabalho, com o propósito de resgatar a essência e simplicidade do bom pastor, que dá sua vida para salvar e alimentar as ovelhas.

Características

Produto sob encomenda Sim
Marca publique-se!
Cód. Barras 9999084719117
Início da Venda 31/12/2014
Territorialidade Internacional
Formato Livro Digital Epub
Gratuito Não
Tamanho do Arquivo 232
Proteção Drm Não
Idioma 333
Código do Formato Epub
Peso 0.00 Kg
AutorM. C. Bernardo

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Pastor, vocação ou profissão?