Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8
  • Google Plus
Livro Digital

Poemas de Amor (Cód: 5977585)

Schmidt,Augusto Frederico

Global Editora (Edição Digital)

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 18,90
Cartão Saraiva R$ 18,90

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Poemas de Amor

R$18,90

Compre junto:

Nome do produto

Descrição

Poeta de inspiração bíblica, Augusto Frederico Schmidt foi um lírico amoroso de tonalidade única na literatura brasileira. Qual a mulher que não se sentiria gloriosa, homenageada com versos como esses: 'Quando repousarás em mim como a poesia nos grandes poetas/ Como a pureza na alma dos santos/ Como os pássaros nas torres das igrejas?/ Quando repousará o teu amor no meu amor?'. Pertencendo, cronologicamente, à segunda fase do Modernismo, Schmidt sempre se caracterizou pela independência em relação a modas literárias. Na contramão das frases curtas, concisas, econômicas dos modernistas, expressava -se num estilo derramado, fluvial, cheio de repetições.
Essa singularidade se afirma desde o primeiro livro, Canto do brasileiro Augusto Frederico Schmidt, no qual rebela-se contra o lirismo dominante: 'Não quero mais o Brasil/ Não quero mais geografia/ Nem pitoresco.'O poeta queria descobrir sua geografia interna, os caminhos a serem seguidos por seu espírito, sem imposições de modas. A insatisfação com a realidade cotidiana acaba por levá-lo a um permanente processo de fuga, do mundo e de si mesmo. Só havia uma saída: 'Cantar – claro cantar – para não ficar louco.'. Mas parece que, quanto mais se buscava, mais se estranhava e mais se afastava de si mesmo, romântico e insatisfeito, com forte tendência à melancolia e ao isolamento, preocupado com a morte, solitário e angustiado.
Esse quadro sombrio foi, de certa maneira, resgatado por seu forte sentimento religioso, ou antes, uma vaga religiosidade, talvez mais uma busca do que uma crença que, de certa forma, contaminou também sua poesia, 'de sentimento romântico fundamente brasileiro, a que se junta certa nostalgia oriental' (Carlos Drummond de Andrade) e na qual a relação entre homem e mulher está tingida por uma vaga e incerta religiosidade.

Características

Produto sob encomenda Sim
Marca Global Editora (Edição Digital)
Cód. Barras 9788526019713
Início da Venda 04/11/2013
Territorialidade Brasil
Formato Livro Digital Epub
Proteção Drm Sim
Idioma Português
VOLUME 1
Peso 0.00 Kg
AutorSchmidt,Augusto Frederico

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Poemas de Amor