Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8
  • Google Plus

Recriar África (Cód: 1913179)

Sweet,James H.

Edições 70

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 193,00 em até 6x de R$ 32,17 sem juros
Cartão Saraiva R$ 183,35 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 9x de R$ 21,44 sem juros

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 6x sem juros de R$ 0,00


Recriar África

R$193,00

Descrição

Ao explorar a vida cultural dos escravos africanos na fase inicial do mundo colonial português - com especial enfoque nos escravos oriundos da África Central que sobreviveram à sua viagem para o Brasil - o autor levanta o véu das suas vidas como africanos, e não como novos brasileiros. James Sweet identifica os ritos culturais específicos e as crenças que sobreviveram à transplantação na diáspora afro-portuguesa, e argumenta que estes não foram objetivo de crioulização imediata, antes permaneceram caracteristicamente africanos durante algum tempo. Os escravos transferiram para o Brasil muitas das suas práticas culturais nativas - incluindo estruturas de parentesco, rituais de adivinhação, ordálios, ritos fúnebres, tabus alimentares e sociedades secretas - práticas essas que se mantiveram constantes numa fase inicial, embora os significados dos ritos se tenham transformado à medida que os escravos tentavam lidas com a sua nova situação e ambiente. Esta obra permite um novo olhar sobre a cultura africana na sociedade dos escravos brasileiros, o que, por sua vez, também contribui para que possamos entender melhor o complexo processo de crioulização e sobrevivência cultural.

Características

Produto sob encomenda Sim
Marca Edições 70
Cód. Barras 9789724412832
Altura 0.00 cm
I.S.B.N. 9789724412832
Profundidade 0.00 cm
Referência 9789724412832
Número da edição 1
Ano da edição 2007
Idioma Português (Portugal)
País de Origem Portugal
Número de Páginas 353
Peso 0.44 Kg
Largura 0.00 cm
AutorSweet,James H.

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Recriar África