Frete Grátis
  • Google Plus

Recursos De Natureza Extraordinária No TST (Cód: 8872973)

JOSÉ MACEDO DE BRITTO PEREIRA,RICARDO

Juspodivm

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 59,90
Cartão Saraiva R$ 56,91 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 2x de R$ 29,95 sem juros

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Recursos De Natureza Extraordinária No TST

R$59,90

Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto
?

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X
Formas de envio Custo Entrega estimada

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 15:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

Recurso de Revista e Embargos por Divergência.

De acordo com a Lei 13.015/14.

Conforme o NOVO CPC.

O livro 'Recursos de Natureza Extraordinária no TST!', que tenho a honra de apresentar ao leitor, demonstra bem a acuidade e a amplidão de conhecimentos e ideias que acompanham o seu autor.

O professor e procurador do trabalho Ricardo José Macedo de Britto Pereira consegue, ao mesmo tempo, ser preciso, sem perder a perspectiva geral do seu estudo: analisa recursos extraordinários técnicos sem perder a oportunidade de inserir conceitos essenciais à compreensão do pensamento jurídico.

De maneira ampla e densa, porém, precisa e didática, a obra aborda as questões atuais, relevantes e complexas com as quais têm de lidar os julgadores, advogados, membros do Ministério Público do Trabalho, doutrinadores e estudiosos em geral: a acentuada e inexorável constitucionalização do Direito Processual e as inovações do novo Código de Processo Civil, instituído por meio da Lei nº 13.105/2015 e da nova sistemática recursal trabalhista prevista na Lei nº 13.015/2014, as quais são apresentadas sem destemor, não apenas com a reflexão pertinente sobre os conceitos e institutos jurídicos estabelecidos, mas também com a proposição de soluções em aspectos polêmicos.

Em encadeamento lógico e harmônico, sabido é que não há como adentrar as considerações de ordem prática sem antes demonstrar as bases teóricas da matéria, o autor parte da análise do direito constitucional do acesso à justiça em suas dimensões formal e material, do qual se desdobra o direito de recorrer. Ressalta que a dimensão formal tem seu aspecto negativo (vertical e horizontal - direito de não oposição de obstáculos, seja pelo Estado, seja por particular), e positivo (direito à eliminação dos eventuais obstáculos existentes), enquanto a dimensão material significa o direito à prestação jurisdicional com conteúdo dotado de qualidade, ou seja, o acesso à ordem jurídica justa. Nesse contexto, destaca que o direito de recorrer, o qual integra o núcleo essencial do direito de acesso à justiça, pressupõe o direito ao pronunciamento de mérito isonômico pelos tribunais superiores encarregados da missão uniformizadora da interpretação das normas jurídicas.

(...)

Enfim, trata-se uma obra de fôlego que, sob todos os enfoques que se possa conceber, é uma grande contribuição para o estudo dos recursos extraordinários nas Cortes Superiores, especialmente no TST, abordagem que enriquece e consolida a melhor doutrina sobre o tema.

Kátia Magalhães Arruda
Ministra do TST

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Juspodivm
Cód. Barras 9788544203781
Altura 14.00 cm
I.S.B.N. 9788544203781
Profundidade 1.00 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2015
Idioma Português
Classificação Indicativa Não recomendado para menores de 10 anos
Número de Páginas 288
Peso 0.45 Kg
Largura 14.00 cm
AutorJOSÉ MACEDO DE BRITTO PEREIRA,RICARDO

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Recursos De Natureza Extraordinária No TST