Artboard 33Artboard 16Artboard 18Artboard 13Artboard 42Artboard 21Artboard 4Artboard 5Artboard 45Artboard 22Artboard 7Artboard 42Artboard 23Artboard 12Artboard 28Artboard 17?Artboard 28Artboard 43Artboard 49Artboard 47Artboard 15Artboard 32Artboard 6Artboard 22Artboard 5Artboard 25Artboard 1Artboard 42Artboard 11Artboard 41Artboard 11Artboard 23Artboard 10Artboard 4Artboard 9Artboard 6Artboard 8Artboard 7Artboard 3Artboard 12Artboard 25Artboard 34Artboard 43Artboard 44Artboard 16Artboard 24Artboard 13Artboard 5Artboard 24Artboard 31Artboard 1Artboard 12Artboard 27Artboard 30Artboard 36Artboard 44Artboard 9Artboard 17Artboard 6Artboard 27Artboard 30Artboard 29Artboard 26Artboard 2Artboard 20Artboard 35Artboard 15Artboard 14Artboard 50Artboard 26Artboard 14Artboard 40Artboard 21Artboard 10Artboard 37Artboard 46Artboard 33Artboard 8
e-book

Reflexo Em Reverso; Poesias (Cód: 7874699)

Timmermans,Jacques

publique-se!

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 27,00

em até 1x de R$ 27,00 sem juros

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 1x sem juros de


Reflexo Em Reverso; Poesias

R$27,00

Descrição

A poesia é uma forma de expressão artística do ser humano.

Ela exala o sabor, a fragrância, o som, o toque e as cores do instante. A psique embebida de liberdades e tecnicidades projeta em versos um amálgama de reminiscências, sensações e esperanças.

No entanto, a suavidade da liga só ocorre à medida que a sensibilidade é aguçada.
A poesia ora expressa um sentimento, mediante uma articulação lúdica com as palavras, no entanto, ora mascara a insípida razão com a sustentação de uma ilusão - palavras soltas para expressar pura emoção.

Neste caldeirão de palavras - Os versos ora resultam da codificação de uma mensagem que não pode ser expressa diretamente, ora exaltam aquilo que se deseja dizer diretamente.

Ora resultam da misteriosa inspiração, motivada pelo sofrimento, pela ira, pela dor, ... ora pelo encantamento, pelas paixões, pelos amores, pelas ilusões, pelos desejos, ... - ora resultam de uma abordagem superficial ou complexa do consciente, ora refletem as entranhas abertas de um inconsciente, benigno ou maligno. Ora, ainda, resultam de um escapismo da realidade, ora demonstram o comprometimento total com ela. Ora, ainda, evocam um resgate da inocência perdida ou maturidade almejada.

A poesia, enquanto uma construção para agradar a todos, é pura ilusão e o poeta imaturo, muitas vezes, se vê perplexo diante daqueles que não compreendem ou apreciam a sua obra.

No entanto, a poesia, seja o que for, ou o que nela há, é para ser feita por todos e apreciada por aqueles que podem senti-la.

Ela, inocente, não merece ser julgada!
Enfim, a poesia é o que é.
No mais, são conceitos e
- por mais profundos que possam ser -

apenas vão afirmar o que ela não é.

Nesta obra são apresentados os 100 primeiros poemas do autor concluídos no ano de 2002.

150 páginas.

Características

Peso 0.00 Kg
Produto sob encomenda Não
Marca publique-se!
Idioma 333
Acabamento e-book
Cód. Barras 9999078746990
Número da edição 1
Ano da edição 2014
Ano da Publicação 114
AutorTimmermans,Jacques