Frete Grátis
  • Google Plus

Sendo, Se É: a Tese de Parmênides (Cód: 4053903)

Cordero,Néstor Luis

ODYSSEUS

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 60,00 em até 2x de R$ 30,00 sem juros
Cartão Saraiva R$ 57,00 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 3x de R$ 20,00 sem juros

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 2x sem juros de R$ 0,00


Sendo, Se É: a Tese de Parmênides

R$60,00

Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto
?

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X
Formas de envio Custo Entrega estimada

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 15:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

No início do século VI antes de Cristo, em algumas cidades gregas da Jônia, alguns técnicos (astrônomos, matemáticos, médicos) começaram a observar seus objetos de estudo a partir de uma perspectiva diferente, que paulatinamente passou a ser chamada de filosofia. Os astros, os números, os pacientes, que eram aquilo que eram, passaram a ser considerados entes (ou seja, coisas que são), e os técnicos acima mencionados passaram a se interrogar sobre o que havia neles que os fazia ser. E as respostas foram as mais variadas: elementos primordiais, átomos, equilíbrios de forças, etc. Um século depois destes primeiros passos da filosofia, um cidadão de Eleia, Parmênides, decidiu privilegiar uma experiência prévia: antes mesmo de se interrogar pelo fundamento dos entes deve-se admitir que há entes (ou seja, coisas), e, se há entes, é porque há algo que os faz ser. Este fato de ser, espécie de força dinâmica que traça o limite entre o que é, que a assume, e o nada, que a ignora (e que por isso mesmo... é nada) é o objeto do tratado de filosofia que Parmênides apresentou sob a forma de um poema didático. Ciente de que todos devem admitir que, se são, é porque estão sendo, e que, se estão sendo, é porque há ser, Parmênides escolheu um meio de expressão fácil de memorizar: a poesia. Seu poema é uma apresentação exaustiva da força indubitável e inegável do fato de ser, bem como da debilidade de toda teoria que pretenda negá-lo. As passagens que chegaram até nós revolucionaram a história da filosofia. Tivesse seu poema sido preservado em sua totalidade, seguramente a história intelectual do nosso Ocidente seria diferente.

Características

Produto sob encomenda Sim
Editora ODYSSEUS
Cód. Barras 9788578760236
Altura 24.00 cm
I.S.B.N. 9788578760236
Profundidade 2.00 cm
Acabamento Capa dura
Número da edição 1
Ano da edição 2011
Idioma Português
Número de Páginas 276
Peso 0.56 Kg
Largura 17.00 cm
AutorCordero,Néstor Luis

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Sendo, Se É: a Tese de Parmênides