Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8

Teoria Jurídica do Assédio (Cód: 4086409)

Silva Neto,Manoel Jorge e

Ltr

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 50,00

em até 1x de R$ 50,00 sem juros
Cartão Saraiva: 1x de R$ 47,50 (-5%)

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 1x sem juros de


Teoria Jurídica do Assédio

R$50,00

Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X
Formas de envio Custo Entrega estimada

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 15:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

É preciso reconhecer que a vertiginosa e irreversível revolução tecnológica infelizmente não se fez acompanhar de efetiva salvaguarda de direitos fundamentais. É o paradoxo que se pressente nesses desassossegados anos iniciais do século XXI: incremento incrível na velocidade das comunicações, a redução das distâncias pelo avanço tecnológico nos transportes, a desterritorialização das fronteiras nacionais, abrindo as economias à regra de mercado no âmbito internacional, rigorosamente tudo isso desacompanhado de proteção aos direitos mais básicos do ser humano. Aliás, é possível afirmar que esse paradoxo é a própria substância da denominada pós-modernidade. Todavia, é nesse momento que mais se eleva o papel reservado à ciência, e, em particular, à ciência do direito, principalmente porque parece surgir nos dias atuais uma espécie de atualização do despotismo esclarecido, na medida em que os sistemas jurídicos formalmente protegem direitos que, de modo invariável, ao serem ofendidos no contexto da realidade física, não recebem resposta efetiva dos órgãos do Estado cuja existência está justificada precisamente na proteção a tais direitos tão fleumaticamente desprezados. Tudo isso determinou a necessidade de pesquisa a mais ampla e abrangente possível, dando nascimento a este Teoria jurídica do assédio – de acordo com a Constituição de 1988, oportunidade em que são descritas novas figuras de assédio – como o por competência (subespécie do assédio moral), o religioso e o racial –, aliando-as evidentemente aos já conhecidos assédio sexual e moral, e referindo, ainda, figura pouco difundida como é o assédio processual. Como o título do livro deixa evidente, a fundamentação adotada para sistematizar a teoria sobre o assédio se prendeu aos comandos da Constituição Federal de 1988. Domínios da Constituição Federal de 1988 considerados pertinentes ao tema do assédio foram objeto de apreciação, partindo-se do Preâmbulo, que detém eficácia normativa, passando obrigatoriamente pelos Princípios Fundamentais (arts. 1º, 4º, da CF) e concluindo com a análise da Ordem Social (arts. 193, 232 da CF). Então, é isso: pretensão para sistematizar assunto até o momento examinado em tiras pela doutrina e indicação de novas figuras de assédio; eis o objetivo da investigação.

Características

Peso 0.26 Kg
Produto sob encomenda Não
Editora Ltr
I.S.B.N. 9788536119939
Altura 24.00 cm
Largura 17.00 cm
Profundidade 1.00 cm
Número de Páginas 176
Acabamento Brochura
Cód. Barras 9788536119939
Número da edição 1
Ano da edição 2012
AutorSilva Neto,Manoel Jorge e