Frete Grátis
  • Google Plus

Tintas do Bisturi (Cód: 9202897)

Filho, Alberto Daflon

Folio Digital

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 25,00
Cartão Saraiva R$ 23,75 (-5%) em até 1x no cartão

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Tintas do Bisturi

R$25,00

Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto
?

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X
Formas de envio Custo Entrega estimada

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 15:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

'Há a orelha de abano, a orelha elefantina do Papa João XXIII, a orelha de Catherine Hepburn e a de Leila Diniz; mulher mais de dizer do que de ouvir – de por a barriga em biquíni na avançada gravidez; Isabel Allende, nos diz por seu turno: “As mulheres gostam que lhe digam palavras de amor. O ponto G está nos ouvidos. Inútil procurá-lo em outro lugar.”
Orelha assim nada mais é do que um uma forma, enquanto o ouvido capta o que é mais profundo. Cazuza escreveu “Que só eu podia/ Dentro da tua orelha fria/ Dizer segredos de liquidificador”.
Orelha-ouvido então para quem é poeta não tem apenas uma de cada lado do rosto; cada uma é mais que uma orelha-ouvido, porque para muita gente orelha é só orelha (um ornato, às vezes com brincos) e o ouvido é para as dores de ouvido, isto é, dois lugares comuns fora das páginas de um livro, cuja capa assim fica protegida por um conteúdo virado para o interior da primeira e da última pagina.
Isabel de Allende mistura a orelha-ouvido com dizeres ternos e ponto G. O melhor poema de um livro também é semelhante a esse ponto. Sim o bom poema é um êxtase – encantamento!
Em Tintas do bisturi não há um poema orelha, mas há o encantamento-êxtase capaz de ser enxergado na leitura labial do acontecimento inevitável no leitor, mesmo em tom baixo, para si mesmo e sua orelha-ouvido de ler a poesia bem escrita.'

Características

Produto sob encomenda Sim
Editora Folio Digital
Cód. Barras 9788561012243
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 9788561012243
Profundidade 0.60 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2014
Idioma Português
Número de Páginas 68
Peso 0.10 Kg
Largura 14.00 cm
AutorFilho, Alberto Daflon

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Tintas do Bisturi