Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8
Frete Grátis
  • Google Plus

Um Leão Por Dia (Cód: 2633242)

Fischer,Vera

Globo Editora

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 35,00
Cartão Saraiva R$ 33,25 (-5%) em até 1x no cartão

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Um Leão Por Dia

R$35,00

Descrição

Um leão por dia continua o primeiro volume da autobiografia da atriz, cujo título era simplesmente Vera., a pequena Moisi, referindo-se ao seu apelido de família. Mas se aquele tratava de sua infância e juventude, ou seja, de sua vida familiar, este segundo volume trata da Vera Fischer que o Brasil aprendeu a conhecer desde que venceu o Miss Brasil em 1969.

Um leão por dia, portanto, trata da leoa que todos os dias o Brasil passou a acompanhar nas revistas, nos jornais, no cinema, no teatro e na TV. Essa leoa é, na verdade, muito mais mansa do que parece, e toda sua exposição ao longo dos anos tampouco esclarece sua pessoa. Mas o livro, sim.

Nesse texto fluente e franco, não faltam surpresas, como o fato de a adolescente Vera preferir a leitura à praia, e se sentir ofendida a primeira vez em que foi convidada a participar de um concurso de beleza (ganharia todos) - ela que pensava em ser uma jornalista investigativa. E se narra sua primeira transa aos quinze anos, também exibe despudoradamente o quanto foi, desde sempre, forte sua personalidade (que lhe permitiu, ente outras coisas, passar pelas drogas sem se deixar ultrapassar por elas - o mesmo vale para a droga maior que é a fama). O livro também a esclarece nas muitas fotos de seu arquivo pessoal que o ilustram. Se nelas já surpreende que sua beleza brilhe intacta, destacando-se em qualquer ambiente, circunstância ou luminosidade, surpreende igualmente ver o quanto o rosto famoso pode transmitir emoções simplesmente humanas.

É como sintetiza Ignácio de Loyola Brandão no prefácio: 'O que é este livro? Autobiografia? Diário? Jornal? Sensações? Poesias? Pensamentos? Jogos de palavras? Anotações de vida? Ou tudo? Observações, escritos esparsos. Aqui estamos em uma sessão de terapia, conversa solta e franca, de braços abertos, alma lavada, como se diz. Momento em que Vera se abre, se revela, inteiramente solta, torna-se cúmplice, delicada e deliciosa. A vida são momentos. Vera capturando aqui e ali esses momentos que terminam compondo seu perfil, o mais real e autêntico que se tem dela até agora.[...] O que nos surpreende é descobrir, no final, a simplicidade desta mulher complexa'. Os fãs aplaudem e agradecem.

Características

Produto sob encomenda Sim
Editora Globo Editora
Cód. Barras 9788525046505
Altura 23.00 cm
I.S.B.N. 9788525046505
Profundidade 0.00 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2009
MÊS MARÇO
Idioma Português
País de Origem Brasil
Número de Páginas 256
Peso 0.44 Kg
Largura 16.00 cm
AutorFischer,Vera

Leia um trecho

Queria ser livre e morar na cidade grande. Queria ser dona do meu nariz, como, aliás, sempre fui. Nunca ninguém me impôs nada, eu sempre sabia o que tinha que ser feito. E fazia. Na minha vida tudo tinha um porquê. Eu, que sempre fui tão corajosa, não consigo entender o porquê daquele medo louco de desfilar de maiô. Afinal, até então, eu nunca tinha tido medo de nada. Era vergonha do meu corpo. Não só porque ele não era perfeito, mas porque quando me desnudava eu o achava feio. Como se fosse um pedaço de carne pendurado num açougue. E tinha medo de multidão. Era fobia mesmo. Como tenho até hoje. Numa grande concentração de gente, eu fico perdida, não suporto. Também não gosto de falar em microfone. A verdade verdadeira é que sou tímida. Sempre fui. Não parece, mas sou.

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Um Leão Por Dia