Frete Grátis
  • Google Plus

Você É Feliz no seu Trabalho? - Descubra Por que Perseguir seus Sonhos e É Fundamental para Alcança (Cód: 3055316)

Strelecky,John P.

Sextante / Gmt

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 29,90
Cartão Saraiva R$ 28,41 (-5%) em até 1x no cartão
Grátis

Cartão Saraiva
Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto
?

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 18:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

Formas de envio Custo Entrega estimada
X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

Qual é o propósito de sua existência? Quais são as cinco coisas que você gostaria de fazer ou vivenciar para que, no fim de sua vida, ela tenha valido a pena?
Essas eram as perguntas que o empresário Thomas Derale fazia a quem desejava trabalhar em sua companhia. Mais do que querer saber se o candidato tinha credenciais suficientes para ocupar a vaga, ele se preocupava com outra questão: a pessoa será feliz nesse emprego? Com essa filosofia, Thomas criou empresas altamente lucrativas baseando-se na crença de que a produtividade de uma pessoa está diretamente relacionada ao entusiasmo que ela tem pelo trabalho que realiza. E para garantir que seus colaboradores estivessem sempre motivados, Thomas tinha outro método bastante peculiar: só contratava as pessoas quando tinha certeza de que o cargo que elas exerceriam as deixaria plenamente satisfeitas. As teorias de administração e a filosofia de liderança por trás desta envolvente ficção provam que o melhor caminho para encontrar o sucesso é transformar sua vida profissional em um meio de concretizar seus sonhos. Não importa que cargo você ocupa ou há quanto tempo trabalha, as ideias deste livro servem tanto para quem quer crescer como líder quanto para um empreendedor que deseja mudar o rumo de sua vida. Com um tom agradável e informal, Você é feliz no seu trabalho? contém a mistura certa de informação e inspiração para ajudar quem deseja sair de sua zona de conforto e acredita que vale a pena ir em busca de seus sonhos.

Características

Produto sob encomenda Sim
Editora Sextante / Gmt
Cód. Barras 9788575425817
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 9788575425817
Profundidade 1.00 cm
Número da edição 1
Ano da edição 2010
Idioma Português
País de Origem Brasil
Número de Páginas 176
Peso 0.22 Kg
Largura 14.00 cm
AutorStrelecky,John P.

Leia um trecho

TIREI A MOCHILA DOS OMBROS e a coloquei no chão. Espetacular, pensei, admirando a vista à minha frente. Realmente espetacular. As mulheres que eu havia conhecido no trem tinham razão. A escalada era difícil, mas definitivamente valia o esforço. Baixei a mão, peguei a garrafa de água do compartimento lateral da mochila e tomei um longo gole. Abaixo de mim estendiam-se quilômetros de picos e vales. Dava para discernir pequenos vilarejos agrícolas em algumas das áreas mais abertas. Densas florestas, como a que eu havia atraves-sado durante a escalada, preenchiam os flancos da maioria das montanhas. Eu não tinha planejado fazer essa caminhada, mas aquelas mochileiras australianas haviam se desmanchado em elo-gios sobre a trilha. Estava contente por ter seguido suas sugestões. De repente, Thomas passou outra vez pela minha cabeça. Deve estar acontecendo alguma coisa importante com ele e Maggie, pensei. Ele invadiu meus pensamentos uma dúzia de vezes esta manhã. Preciso acessar meu e-mail hoje à noite e ver se há algu-ma mensagem dele. Nos últimos anos, aprendi que, se uma pessoa nos vem à mente com a mesma frequência com que me ocorreu hoje a imagem de Thomas, é porque alguma coisa está acontecendo com ela. Quase sempre algo de bom. Admirei a paisagem outra vez e respirei profundamente o ar puro. Eu estava no meio de uma viagem de quatro meses pela Espanha e vivera vários momentos mágicos como aquele. Arquitetura grandiosa, gente simpática, paisagens de tirar o fôlego... É isso aí, pensei. Como diz Thomas, todo dia é preciso subir um pouquinho mais na curva da vida. Sempre progredir em direção aos nossos sonhos. 2 MAGGIE DERALE ATENDEU a uma ligação do consultório médico. O marido dormia profundamente, coisa rara nos últimos tempos, e ela não queria acordá-lo. Enquanto escutava a pessoa do outro lado da linha, precisou morder o lábio para controlar o choro. - Sim - ela disse -, eu compreendo... Pode deixar, ele estará aí amanhã... Não, acho que não há nada que vocês possam fazer. Maggie desligou e sentou-se numa das cadeiras da cozinha. Ela e Thomas haviam escolhido o conjunto de mesa e cadeiras havia quase duas décadas, durante as férias que tiravam juntos todos os anos. Na época, ele caçoara por causa do tecido escandaloso que ela escolhera para a capa do assento. Aquilo se tornara uma fonte constante de piadas desde então. A lembrança passou como um raio pela sua mente e ela se pôs a chorar. As lágrimas começaram brandas, mas se transformaram numa torrente e ela passou a soluçar ao se dar conta do que estava acontecendo. Quando parou de chorar, Maggie decidiu que não haveria mais lágrimas, pelo menos por enquanto. Pegou o telefone. - Alô, Kerry, é Maggie... Não, sinto lhe dizer que não... É mesmo aquilo que achavam... Eu sei, Kerry, eu sei... Eu também... Olhe, eu quero que você vá em frente com a sua ideia. Empenhe todo seu tempo e sua energia nisso. Eu vou fazendo a minha parte e lhe mando tudo na próxima semana. E, Kerry... você não vai ter muito tempo. Depois que desligou, Maggie foi para o escritório e acessou seu e-mail. Preciso entrar em contato com Joe, pensou. ENTREI NUM PEQUENO cibercafé e me sentei junto a um dos terminais. Passara a tarde descendo as montanhas e percorrendo o caminho de volta até o vilarejo onde estava hospedado. Thomas havia permanecido em meus pensamentos o tempo todo. Com tanta frequência, aliás, que eu tinha decidido verificar meus e-mails antes mesmo de ir para o hotel ou de jantar. Ele deve ter alguma boa notícia para me dar, pensei. - Oi, Joe. Eu me virei e olhei para a esquerda. - Oi - respondi, sorrindo. Era uma das australianas que haviam recomendado a caminhada que eu acabava de fazer. - Obrigado pela ótima dica. Foi espetacular. Voltei a olhar o monitor à minha frente. O cursor piscava na tela enquanto o navegador abria. O café estava abarrotado de outros mochileiros e de alguns moradores locais. É incrível, pensei. Há 15 anos, a internet nem existia e hoje podemos nos comunicar em tempo real com gente de todo o mundo. Entrei na minha conta do Yahoo! e cliquei na caixa de entrada. Como eu já esperava, havia uma mensagem de Thomas. Na verdade, era da esposa dele, Maggie, o que não era incomum. De vez em quando ela mandava notícias dos dois. Cliquei na mensagem e esperei abrir. Instantes depois, vi sete palavras que fizeram meu sangue gelar. "Thomas está doente. Por favor, me ligue." Enquanto fazia a ligação pelo Skype, minha mente voava. O que será que está acontecendo? Thomas nunca fica doente. Ouvi a chamada do outro lado da linha e, a seguir, a voz de Maggie. - Alô? - Oi, Maggie, é o Joe. Recebi sua mensagem, o que houve? Como Thomas está? - Nada bem, Joe. - Deu para ouvir o leve tremor na voz dela. - Sinto muito entrar em contato com você durante sua viagem, mas achei que ia querer saber. - Saber o quê? - Senti o peito apertar enquanto esperava a resposta. - Thomas está morrendo, Joe. - Ele está o quê? - perguntei, perplexo. Não podia acreditar no que acabava de ouvir. - Ele está morrendo. Os sintomas começaram há três meses. Acabo de receber um telefonema do médico e ele confirmou que Thomas está com um tumor no cérebro. É grande demais para operar. Tentei processar o que Maggie dizia. - E não há outra coisa a fazer? Algum outro tipo de tratamento? Radioterapia, quimioterapia? Tem de haver alguma opção. Maggie ficou calada ao telefone. - Não, já perguntamos tudo isso. Não há mais nada que posam fazer. Está avançado demais. Thomas vai morrer. Conversei com Maggie por mais alguns minutos. Eu não conseguia acreditar naquilo. Thomas esbanjava saúde. Procurei na internet o telefone da minha companhia aérea e fiz outra ligação. Eu precisava voltar para os Estados Unidos. 4 COLOQUEI A MOCHILA no compartimento de bagagem e me sentei na poltrona a bordo do 777. Ainda não conseguira absorver completamente a notícia sobre Thomas. Eu sabia que era verdade, mas, por algum motivo, aquilo não parecia real. Eu o vira há alguns meses e ele aparentava estar bem. Como, de repente, podia estar morrendo? Fiz um aceno discreto com a cabeça para a mulher sentada ao meu lado e fechei os olhos. Meus dedos ficaram fazendo peque-nos movimentos circulares em torno das minhas têmporas. - Você está bem? - Era a mulher que eu tinha cumprimentado há pouco. Abri os olhos e a fitei. - Estou, obrigado. É que acabei de receber uma péssima notícia. Um amigo está muito doente. Os médicos dizem que está morrendo. - Oh - Minha resposta a pegara de surpresa. - Eu sinto muito, não quis me intrometer. - Não, tudo bem... Quer dizer, não que esteja tudo bem... A situação dele não é nada boa. Mas não há nada que eu possa fazer a respeito agora. Na verdade, nem sei se posso fazer alguma coisa, mas quero voltar para conversar com ele. Para ajudar no que puder. Fiz uma pausa e olhei para ela. Devia ter quase 40 anos. Tinha um rosto bonito, cabelos castanhos na altura dos ombros, olhos castanhos e traços angulosos. Estendi a mão e me apresentei: - Eu me chamo Joe. Obrigado por se preocupar. - De nada! Meu nome é Sonia - respondeu ela, apertando minha mão. - É um prazer conhecê-lo. Olha, eu não quis mesmo me intrometer. Se você quiser se desligar nas próximas 12 horas e ficar sozinho com seus pensamentos, eu compreendo perfeitamente. Eu fiz que não. - Não. Mas obrigado pela compreensão. Ficamos sentados em silêncio por alguns instantes. - Quem é o seu amigo? - perguntou ela. - O que ele tem? - O nome dele é Thomas. Thomas Derale. É o maior líder do mundo. - Era uma forma estranha de descrever alguém, especialmente quando esse alguém era seu amigo, mas isso era o que me vinha à cabeça quando eu pensava nele. - É uma descrição incomum. - Eu sei. Ele é muitas outras coisas também, mas é assim que eu costumo pensar nele. - E como foi que vocês se tornaram amigos? - Essa é uma longa história. Ela sorriu. - Temos 12 horas pela frente, Joe, e eu sou uma ótima ouvinte. Eu devolvi o sorriso. - Está certo - assenti com a cabeça. - Tudo começou quando Thomas me fez uma perguntinha sobre um museu. 5 EU HAVIA CHEGADO à estação de trem às 6h47 da manhã. Era o pri meiro trecho da jornada que eu fazia todos os dias, de segunda a sexta-feira. Começava no meu prédio, no extremo norte de Chicago, e incluía uma caminhada até a estação, uma viagem de trem e depois outra caminhada até o escritório. Chicago é uma cidade ótima na primavera e no verão. Se deslocassem o equador cerca de 1.300 km para o norte, tudo seria perfeito. Infelizmente, não estávamos nem na primavera nem no verão. Era fevereiro e os termômetros registravam -12 ., mas a sensação térmica era de -19 .por causa do vento. Acordei às 5h40 da manhã, com o despertador anunciando mais um dia de trabalho. Fui tiritando de frio até o chuveiro e fiquei debaixo da água quente na esperança de que, por alguma esquisitice da natureza, quando eu saísse fosse sábado, não segunda. Isso aconteceu comigo uma vez, quando eu era criança. Eu havia me levantado, tomado banho, me vestido e descido apenas para me dar conta de que era fim de semana e que eu não tinha de ir à escola. 14

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Você É Feliz no seu Trabalho? - Descubra Por que Perseguir seus Sonhos e É Fundamental para Alcança

Você É Feliz no seu Trabalho? - Descubra Por que Perseguir seus Sonhos e ... (Cód: 3055316) Você É Feliz no seu Trabalho? - Descubra Por que... (Cód: 3055316)
R$ 29,90
Você É Feliz no seu Trabalho? - Descubra Por que Perseguir seus Sonhos e ... (Cód: 3055316) Você É Feliz no seu Trabalho? - Descubra Por que... (Cód: 3055316)
R$ 29,90