A Análise Criminológica e a imputabilidade dos assassinos em série

(Cód:
10131498
)

Vendido e entregue por

Por: R$ 4,99

Preço a vista: R$ 4,99

0

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.

Mas não se preocupe, para ser avisado quando ele voltar ao estoque, basta preencher os campos abaixo:

Cadastrado com sucesso, assim que o produto for disponibilizado você receberá um email avisando.
Error ao solicitar Avise-me

Ou procure uma loja próxima de você.

Encontre perto de você
Comprar
Comprar

Saiba mais sobre produtos usados

Os produtos classificados como "REEMBALADOS" foram devolvidos por um cliente ou tiveram sua embalagem original danificada. São reembalados e oferecidos com desconto após passarem por uma inspeção técnica, garantindo suas perfeitas condições estéticas e funcionais.

DISPONIBILIDADE DE ESTOQUE

Para produtos de Outlet o estoque é limitado e por esse motivo as oportunidades de compra são únicas. Se após a compra forem apontados vícios de fabricação do produto, o consumidor poderá solicitar a devolução dos valores cobrados de acordo com a política de devoluções da Saraiva.

IMAGENS NO SITE

As imagens são meramente ilustrativas de um produto novo e não correspondem com exatidão ao estado dos produtos reembalados e suas embalagens. Os produtos reembalados são exibidos no site com o selo REEMBALADO para que se destaquem dos demais produtos.

GARANTIA

Todos os produtos REEMBALADOS foram inspecionados, estão em perfeitas condições de uso e têm garantia para vícios de fabricação com o fornecedor. Caso constate algum defeito de fabricação, encaminhe o produto ao fornecedor para análise.

EMBALAGEM E CONTEÚDO

Os produtos são entregues na embalagem original retrabalhada, com possíveis alterações, ou em embalagens neutras lacradas. Recuse o recebimento de qualquer encomenda que tenha indícios de violação na embalagem. Contém todos os acessórios e manual, conforme inclusos originalmente pelo fornecedor.

DEVOLUÇÃO

O prazo para desistir da compra é de até 7 (sete) dias corridos, a contar da data de entrega. O produto deve ser encaminhado com todos os seus componentes e na mesma embalagem em que foi recebido. Devido ao estoque limitado das mercadorias, não é possível trocar os produtos, apenas devolvê-los e solicitar a restituição do valor pago. O valor pago será restituído pelo mesmo meio de pagamento utilizado na compra. Para mais informações, verifique nossa Política de Trocas e Devoluções.

APARÊNCIA E FUNCIONAMENTO

São produtos em perfeito estado estético e com aparência de novos. Todos os produtos reembalados foram inspecionados e estão em perfeito funcionamento

Saiba mais sobre produtos usados

Os livros USADOS vendidos na nossa categoria Outlet são livros com avarias mas que mantém sua integridade de conteúdo original permitindo uma leitura muito próxima dos livros novos. Esses produtos podem apresentar páginas ou capas amassadas, manchas, com riscos ou sinais de uso além de poder estar fora de sua embalagem original.

DISPONIBILIDADE DE ESTOQUE

Para produtos de Outlet o estoque é limitado e por esse motivo as oportunidades de compra são únicas. Se após a compra forem apontados defeitos de funcionamento do produto, o consumidor poderá solicitar a devolução dos valores cobrados de acordo com a política de devoluções da Saraiva.

IMAGENS NO SITE

As imagens são meramente ilustrativas de um livro novo com exemplos de unidades que apresentam sinais de uso, os quais podem ou não estar presentes na unidade posta à venda. Os livros usados são exibidos no site com o selo USADO para que se destaquem dos demais produtos.

CARIMBO DE LIVRO USADO

Os livros usados recebem o carimbo de "Vendido no Estado, Troca não Autorizada" na capa e/ou contra-capa para identificar os produtos que não podem ser trocados.

EMBALAGEM E CONTEÚDO

Os produtos são entregues na embalagem original retrabalhada, com possíveis alterações, ou em embalagens neutras lacradas. Pode não conter capas e/ou invólucros especiais, especialmente em kits e boxes.

DEVOLUÇÃO

O prazo para desistir da compra é de até 7 (sete) dias corridos, a contar da data de entrega. O produto deve ser encaminhado com todos os seus componentes e na mesma embalagem em que foi recebido. Devido ao estoque limitado das mercadorias, não é possível trocar os produtos, apenas devolvê-los e solicitar a restituição do valor pago. O valor pago será restituído pelo mesmo meio de pagamento utilizado na compra. Para mais informações, verifique nossa Política de Trocas e Devoluções.

APARÊNCIA E FUNCIONAMENTO

O livros usados podem apresentar amassados, marcas, manchas, riscos ou sinais de uso. Esses sinais estéticos não comprometerão o a leitura nem a integridade do conteúdo original. Todos os produtos usados foram inspecionados e estão em condições de leitura.

Exemplos de Aparência e Estado

AMASSADO OU DOBRADO

Apresenta capa e/ou páginas amassadas ou com dobras.

RASGOS E DANOS

Pode apresentar caixa ou capa danificada e/ou ausência de invólucro.

RISCADO, MANCHADO OU DESGASTADO

Interferências perceptíveis na capa ou páginas.

ETIQUETAS COLADAS

Pode apresentar etiquetas coladas na capa.

Descrição

Pense ainda que por segundos, que eles, os assassinos em série, são cidadãos. Que tem família, filhos, emprego, amigos, uma história. Assim são os assassinos em série... pessoas. Assim como o ser humano mediano eles também tiveram uma infância, e que como crianças talvez tenham padecido horrores inimagináveis. Eles estão na sociedade, agindo normalmente, porém as aparências escondem a perversidade de seu interior. Os assassinos em série tem se tornado um capítulo à parte no Direito Penal Brasileiro, a medida que o número deles cresce, cresce também a dúvida sobre a sua sanidade mental. O presente tema foi escolhido por se tratar de matéria intrigante e controvertida, os crimes praticados pelos assassinos em série são cruéis e sem explicação lógica, ao mesmo para a maioria das pessoas. Os assassinos em série agem meticulosamente, por razões que talvez nem eles mesmos saibam explicar, o fato é que eles matam, e muito. Os assassinos em série, da vida real, assim como os retratados nas telas de cinema, tem um modo específico de agir e razões muito próprias. Os assassinos seriais evidenciam sempre uma vontade de correr riscos, sem medo de ameaças, de serem pegos e punidos. Sempre estão em busca de novas experiências e sensações. Eles desenvolvem uma personalidade para o contato, para parecerem pessoas normais e misturar-se a outros seres humanos, pois se não fosse assim não poderiam viver na sociedade sem serem presos rapidamente. Muitos serial killers desejam, mesmo que inconscientemente ser pegos, e quando o são agem como verdadeiras celebridades. Eles são carentes de atenção. Deste modo cobram uma atenção da sociedade, a mesma atenção que eles se negam. O impulso criminoso, o desejo de matar, os homicídios múltiplos, o caçador e o caçado, a vítima e o algoz. Entender esse cenário montado com sangue, que pode ter aspectos que escapam, na natural (e social) discrepância entre autos e atos, é de suma importância tanto para o Direito quanto para Psiquiatria e ciências afins. Ao procurar descobrir até que ponto a mente humana é capaz de chegar. Ao que parece, não há limites. Nos deparamos com as mais diversas causas, que vão desde físicas até sociais. O objetivo, deste trabalho, é demonstrar a sua inimputabilidade penal haja vista que são indivíduos acometidos de doenças que afetam a sua capacidade de entendimento em relação aos delitos praticados. Na elaboração do presente foi utilizado o método indutivo, partindo de um estudo de caso para traçar o perfil da inimputabilidade a todos os assassinos em série.Também usou-se o método de pesquisa histórico, visto que a pesquisa estendeu-se a casos antigos. Ainda usou a pesquisa de doutrina e jurisprudência a fim de demonstrar clara e inequivocamente a periculosidade de tais agentes. Num primeiro momento explicar-se-á quem são os assassinos em série, ou seja, aqueles indivíduos que matam duas ou mais pessoas em certo intervalo de tempo, falar-se-á ainda sobre as suas características, os tipos, seu modo de agir sobre a escolha da vítima, o ritual seguido e sua assinatura. A essa altura será interessante realçar que pelas características apresentadas, os assassinos em série são psicopatas. Não obstante eles ainda podem (além da psicopatia) sofrer de outras doenças tais como a esquizofrenia e psicose maníaco depressiva. Partindo da premissa que todo assassino em série é psicopata, estudar-se-á, em um segundo momento, a psicopatia, que é a ausência mórbida de sentimentos. A psicopatia, embora a etimologia da palavra sugira doença (psico = mente, pathos = doença), ela de fato não o é. O psicopata tem em verdade, um transtorno de personalidade. Este é um estado no qual existe um excesso de razão e ausência de emoção. Ele sabe o que faz, com quem faz, por quê faz. Só não consegue se colocar no lugar do outro. A psicopatia é, normalmente, causada por três fatores: doenças mentais, danos neurológicos e abuso infantil. Como a psicopatia não pode ser considerada uma doença, na assepsia da palavra, logo ela não tem sintomas e sim características, tendo em vista que ele se ?manifesta? já na primeira infância. Observe que ninguém de uma hora para a outra deixa de ter sentimentos, o processo é gradativo. Normalmente o psicopata sofre abusos e abandonos na infância, razão pela qual não aprende a amar, nunca ninguém se importou com ele, por isso ele não se importa com o outro. Como a psicopatia pode dar-se em razão de doenças mentais, estudar- se-á sobre a esquizofrenia que é a perda do contato com a realidade e a psicose maníaco depressiva, que se caracteriza pelos extremos. Embora o psicopata não possa ser considerado doente, a sua capacidade de entendimento da ilicitude de seus atos e sua autodeterminação encontram-se prejudicados, vez que compreendo o caráter ilícito de suas condutas, eles simplesmente ignoram e agem da mesma forma. Deste modo, se torna imperioso a imposição de medida de segurança. Ora o como a psicopatia é a ausência de sentimentos, não é possível que o psicopata se ?cure?. Por fim, far-se-á um estudo de caso, onde contar-se-á a história do notório assassino em série Francisco Costa Rocha, vulgo Chico Picadinho, que ganhou matérias jornalísticas no ano de 1960 por esquartejar uma bailarina. Oito anos após ter cometido o primeiro crime, Chico foi libertado por bom comportamento, dois anos após Chico faz outra vítima a prostituta Ângela. Por esse segundo delito, Chico ainda foi considerado imputável mesmo tendo laudos considerando-o como psicopata fronteiriço. O próprio Chico Picadinho, se considera um psicopata. Hoje ele encontra-se internado em Hospital Psiquiátrico após ser civilmente interditado. Eles, os assassinos em série, estão entre nós, e dentro deles há muito de nós.

Caracteristicas

AutorGuizela de Jesus Oliveira, Guizela de Jesus Oliveira
Formato Livro Digitaltrue
Sob Encomendafalse
Fora de Linhafalse
CentímetroMetroKilogramaGrama

Dimensões

A Análise Criminológica e a imputabilidade dos assassinos em série
Altura: 0,00 Centímetro
Largura: 0,00 Centímetro
Profundidade: 0,00 Centímetro
Peso: 0,00 Grama

Outros livros do autor

    Vendido e entregue por: