Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8

A Aventura dos Neurónios (Cód: 206047)

Robert,Jacques-michel

Instituto Piaget

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 62,00 em até 2x de R$ 31,00 sem juros
Cartão Saraiva R$ 58,90 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 3x de R$ 20,67 sem juros

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 2x sem juros de R$ 0,00


A Aventura dos Neurónios

R$62,00

Descrição

'Não respeite a regra da prioridade e corte a estrada a um automobilista: na melhor das hipóteses, ele vai bater com o indicador na fronte ou na testa, sancionando à maneira dele a sua condução irreflectida. Esse gesto simples é universal e provavelmente milenário. O temporal e o frontal protegem o órgão insubstituível onde residem a memória, a vontade, o juízo, a razão, o espírito de decisão. Sem eles, não passaríamos de animais inferiores. Para um ser humano, perdê-los por motivo de doença é caminhar para a demência. Trata-se de um assunto de neurónios. Este neurónio que recebe, compara, regista, responde, ordena, tece com os seus congéneres redes das quais domina os nós e os centros, antes de decidir um comportamento e, mais tarde, criar imagens mentais e o pensamento. No entanto, um neurónio não deve ser muito diferente, a não ser pela sua multiplicidade, pela riqueza das suas ramificações e dos seus contactos, da primeira célula nervosa que apareceu neste mundo. Esta nasceu talvez do revestimento de uma esponja ou, sem dúvida, do franzimento do ovo de uma medusa. Antes dela, as outras células primitivas comunicavam entre si através de poros, assegurando a troca preguiçosa de algumas moléculas.' Como é que pudemos alcançar esse ponto? Primeiramente, devido às células que mobilizam a autonomia e a fisiologia, depois devido às moléculas e, seguidamente, ao convocar a neuroquímica moderna, a aventura do neurónio conduz-nos até à psicologia e à sociologia. Existirá algo mais fascinante do que pôr os nossos neurónios a funcionar... sobre a sua própria história? Uma verdadeira aventura!...

Características

Produto sob encomenda Não
Marca Instituto Piaget
Cód. Barras 9789728407612
Altura 0.00 cm
I.S.B.N. 9728407610
Profundidade 0.00 cm
Referência .
Ano da edição 1997
Idioma Português
País de Origem Portugal
Número de Páginas 252
Peso 0.44 Kg
Largura 0.00 cm
AutorRobert,Jacques-michel