Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8

A Cazzaria (Cód: 205063)

Vignale,Antonio

Degustar

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 29,00
Cartão Saraiva R$ 27,55 (-5%) em até 1x no cartão

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


A Cazzaria

R$29,00

Descrição

A palavra Cazzaria, em italiano, é um neologismo criado por Antonio Vignali no século XVI. A própria história da Cazzaria já é um tanto romanesca. Sua primeira edição foi publicada provavelmente em 1530 (data do exílio de seu autor) em 1541. Há, na Biblioteca Nacional de Paris, dois exemplares (Enfer 526 e Enfer 526), provavelmente impressos no século XVI, catalogados em 1800, e outro na Biblioteca Vaticana (códice Caponiano 140), mas nenhum dos três corresponde à descrição da edição original, publicada em Nápolis por Curzio e Scipione Navi, porém sem data nem nome do impressor. Os diálogos são brilhantes, mesclando a mais refinada retórica com os termos mais vulgares, num raciocínio muitas vezes absolutamente maluco, precursor de Ionesco, Jarry e de muitos surrealistas.

Características

Peso 0.15 Kg
Produto sob encomenda Não
Editora Degustar
I.S.B.N. 8598927104
Altura 21.00 cm
Largura 12.50 cm
Profundidade 1.00 cm
Número de Páginas 99
Idioma Português
Acabamento Brochura
Cód. Barras 9788598927107
País de Origem Brasil
AutorVignale,Antonio