Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8
Promoção Visa Checkout

"a Degola" Do Pm Pelos Sem-terra em Porto Alegre - De Como a Mídia Fabrica e Impõe uma Imagem (Cód: 1568778)

Lerrer,Débora Franco

Revan

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 39,00
Cartão Saraiva R$ 37,05 (-5%) em até 1x no cartão

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


"a Degola" Do Pm Pelos Sem-terra em Porto Alegre - De Como a Mídia Fabrica e Impõe uma Imagem

R$39,00

Descrição

Em 'A Degola' do PM pelos Sem-terra em Porto Alegre - De como a Mídia Fabrica e Impõe uma Imagem', o objetivo principal é evidenciar o papel dos jornalistas na construção de uma memória ficcional sobre o conflito entre trabalhadores sem-terra e soldados da Brigada Militar no centro de Porto Alegre, em 8 de agosto de 1990, do qual resultaram a morte 'por degola à foice' de um policial, o ferimento à bala de uma sem-terra, dezenas de feridos e várias condenações de sem-terra à prisão.
A pesquisa para este trabalho baseou-se na consulta dos 28 volumes dos autos do processo criminal instaurado para apurar a autoria do assassinato do soldado Valdeci de Abreu Lopes; na Edição Extra impressa pelo Sindicato dos Jornalistas do Rio Grande do Sul, em agosto de 1990, conhecida como Versão dos Jornalista; em matérias de veículos da 'grande' imprensa - os jornais Zero Hora e O Estado de S.Paulo e a revista Veja - e nos depoimentos de jornalistas, advogados, militantes do MST, membros da Brigada Militar e ativistas de direitos humanos.
A versão difundida pela imprensa brasileira na época é desconstruída, ao mesmo tempo em que se procura refletir sobre a ambigüidade do papel dos jornalistas nas lutas sociais - mais especificamente, na luta pela reforma agrária. Ao mesmo tempo em que foram responsáveis pela versão que ficou impressa nas páginas e na memória pública, alguns jornalistas foram os autores de sua desmontagem

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Revan
Cód. Barras 9788571063310
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 8571063311
Profundidade 0.00 cm
Número da edição 1
Ano da edição 2005
Idioma Português
País de Origem Brasil
Número de Páginas 244
Peso 0.44 Kg
Largura 14.00 cm
AutorLerrer,Débora Franco