Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 42 Artboard 21 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 42 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 23 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 6 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 43 Artboard 44 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 46 Artboard 8

A Ficção do Si Mesmo. (Cód: 1915089)

Costa,Ana Maria Medeiros

Companhia De Freud

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 33,00

em até 1x de R$ 33,00 sem juros
Cartão Saraiva: 1x de R$ 31,35 (-5%)

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 1x sem juros de


A Ficção do Si Mesmo.

R$33,00

Descrição

Desde que o direito, por exemplo, constitui-se no substituto da força, vemo-lo carregando os traços de sua herança, sem poder desvencilhar-se de sua origem. Por essa razão Lacan faz a abertura do seminário que dedica ao gozo falando sobre o direito como aquele que se incumbe do gozo. Não sem certo desconcerto descobrimos que as leis podem constituir-se em produtoras e reforçadoras daquilo que pretendem limitar. É assim que, seguindo um pensamento lacaniano, trata-se de reconhecer que o “mestre”, enquanto substituto dessa figura do pai, ou mesmo nesse lugar, sempre terá acolhida em toda e qualquer organização humana. Neste ponto o encaminhamento de Lacan parece-nos freudiano, na medida em que reconhece no significante (e não numa pessoalidade) uma função de mestre ou, como diria Freud, produtora de cultura.

Características

Peso 0.44 Kg
Produto sob encomenda Não
Editora Companhia De Freud
I.S.B.N. 8585717181
Altura 21.00 cm
Largura 14.00 cm
Número de Páginas 136
Idioma Português
Cód. Barras 9788585717186
País de Origem Brasil
AutorCosta,Ana Maria Medeiros