Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8

A Perspectiva do Quase (Cód: 2577838)

Gustavo,Zeh

Arte Paubrasil

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 21,90 R$ 14,90 (-32%)
Cartão Saraiva R$ 14,16 (-5%) em até 1x no cartão

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


A Perspectiva do Quase

R$14,90

Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X
Formas de envio Custo Entrega estimada

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 15:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

'A Perspectiva do Quase' busca a afirmação de um lírico e de um lúdico que se encontram negados em uma concepção de sociedade que pressiona o indivíduo para a utilização total de seu tempo em tarefas produtivas e programadas objetivamente. Neste modelo, até o ócio, o riso, a dança estão sob controle do mercado, e a linguagem do espetáculo se impõe, hegemônica e (aparentemente) inconteste. A poesia, no entanto, se situa à margem: não está incorporada, ou seja, não consegue tomar parte no corpo desta 'realidade'. O que parece nocivo traz no bojo uma solução, ou pelo menos uma possibilidade de rota: descomprometida perante aquilo que não a absorve, à poesia resta estabelecer-se como oposição à linguagem dominante.
A poesia de Zeh Gustavo assume esta tarefa para si, apostando na categoria de 'nada' como contraponto essencial ao 'tudo' que o sistemão oferece, em suas prateleiras saturadas, para o consumo frenético, e vislumbrando na busca de um 'ponto zero', um 'antes' inaugural, um 'quase' perdido o elo para reencontrar um eu anulado pelo cotidiano e por relações humanas e sociais cada vez mais autômatas. A eleição deste mito poético primordial como prioridade transforma a poesia de Zeh Gustavo em um jogo de construção e desconstrução de palavras, sintaxes e temas. O eu poético zehgustaviano já nasce, portanto, proposto ao desacomodar das coisas.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Arte Paubrasil
Cód. Barras 9788599629079
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 9788599629079
Profundidade 0.50 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2008
Idioma Português
País de Origem Brasil
Número de Páginas 80
Peso 0.12 Kg
Largura 14.00 cm
AutorGustavo,Zeh