A PRONÚNCIA DO INGLÊS AMERICANO - ao leitor de Paulo Rónai, Nelson Motta, Darcy Ribeiro, Rita Lee

(Cód:
10517500
)

Vendido e entregue por

Por: R$ 50,00ou X de

0

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.

Mas não se preocupe, para ser avisado quando ele voltar ao estoque, basta preencher os campos abaixo:

Cadastrado com sucesso, assim que o produto for disponibilizado você receberá um email avisando.
Error ao solicitar Avise-me

Ou procure uma loja próxima de você.

Encontre perto de você
Comprar
Comprar

Saiba mais sobre produtos usados

Os produtos classificados como "REEMBALADOS" foram devolvidos por um cliente ou tiveram sua embalagem original danificada. São reembalados e oferecidos com desconto após passarem por uma inspeção técnica, garantindo suas perfeitas condições estéticas e funcionais.

DISPONIBILIDADE DE ESTOQUE

Para produtos de Outlet o estoque é limitado e por esse motivo as oportunidades de compra são únicas. Se após a compra forem apontados vícios de fabricação do produto, o consumidor poderá solicitar a devolução dos valores cobrados de acordo com a política de devoluções da Saraiva.

IMAGENS NO SITE

As imagens são meramente ilustrativas de um produto novo e não correspondem com exatidão ao estado dos produtos reembalados e suas embalagens. Os produtos reembalados são exibidos no site com o selo REEMBALADO para que se destaquem dos demais produtos.

GARANTIA

Todos os produtos REEMBALADOS foram inspecionados, estão em perfeitas condições de uso e têm garantia para vícios de fabricação com o fornecedor. Caso constate algum defeito de fabricação, encaminhe o produto ao fornecedor para análise.

EMBALAGEM E CONTEÚDO

Os produtos são entregues na embalagem original retrabalhada, com possíveis alterações, ou em embalagens neutras lacradas. Recuse o recebimento de qualquer encomenda que tenha indícios de violação na embalagem. Contém todos os acessórios e manual, conforme inclusos originalmente pelo fornecedor.

DEVOLUÇÃO

O prazo para desistir da compra é de até 7 (sete) dias corridos, a contar da data de entrega. O produto deve ser encaminhado com todos os seus componentes e na mesma embalagem em que foi recebido. Devido ao estoque limitado das mercadorias, não é possível trocar os produtos, apenas devolvê-los e solicitar a restituição do valor pago. O valor pago será restituído pelo mesmo meio de pagamento utilizado na compra. Para mais informações, verifique nossa Política de Trocas e Devoluções.

APARÊNCIA E FUNCIONAMENTO

São produtos em perfeito estado estético e com aparência de novos. Todos os produtos reembalados foram inspecionados e estão em perfeito funcionamento

Saiba mais sobre produtos usados

Os livros USADOS vendidos na nossa categoria Outlet são livros com avarias mas que mantém sua integridade de conteúdo original permitindo uma leitura muito próxima dos livros novos. Esses produtos podem apresentar páginas ou capas amassadas, manchas, com riscos ou sinais de uso além de poder estar fora de sua embalagem original.

DISPONIBILIDADE DE ESTOQUE

Para produtos de Outlet o estoque é limitado e por esse motivo as oportunidades de compra são únicas. Se após a compra forem apontados defeitos de funcionamento do produto, o consumidor poderá solicitar a devolução dos valores cobrados de acordo com a política de devoluções da Saraiva.

IMAGENS NO SITE

As imagens são meramente ilustrativas de um livro novo com exemplos de unidades que apresentam sinais de uso, os quais podem ou não estar presentes na unidade posta à venda. Os livros usados são exibidos no site com o selo USADO para que se destaquem dos demais produtos.

CARIMBO DE LIVRO USADO

Os livros usados recebem o carimbo de "Vendido no Estado, Troca não Autorizada" na capa e/ou contra-capa para identificar os produtos que não podem ser trocados.

EMBALAGEM E CONTEÚDO

Os produtos são entregues na embalagem original retrabalhada, com possíveis alterações, ou em embalagens neutras lacradas. Pode não conter capas e/ou invólucros especiais, especialmente em kits e boxes.

DEVOLUÇÃO

O prazo para desistir da compra é de até 7 (sete) dias corridos, a contar da data de entrega. O produto deve ser encaminhado com todos os seus componentes e na mesma embalagem em que foi recebido. Devido ao estoque limitado das mercadorias, não é possível trocar os produtos, apenas devolvê-los e solicitar a restituição do valor pago. O valor pago será restituído pelo mesmo meio de pagamento utilizado na compra. Para mais informações, verifique nossa Política de Trocas e Devoluções.

APARÊNCIA E FUNCIONAMENTO

O livros usados podem apresentar amassados, marcas, manchas, riscos ou sinais de uso. Esses sinais estéticos não comprometerão o a leitura nem a integridade do conteúdo original. Todos os produtos usados foram inspecionados e estão em condições de leitura.

Exemplos de Aparência e Estado

AMASSADO OU DOBRADO

Apresenta capa e/ou páginas amassadas ou com dobras.

RASGOS E DANOS

Pode apresentar caixa ou capa danificada e/ou ausência de invólucro.

RISCADO, MANCHADO OU DESGASTADO

Interferências perceptíveis na capa ou páginas.

ETIQUETAS COLADAS

Pode apresentar etiquetas coladas na capa.

Descrição

A Classic Multimídia de São Paulo elaborou este Texto de acordo com as perguntas mais frequentes dos alunos, professores e usuários da Língua Inglesa ao autor e sistematizador das Regras de Pronúncia do Inglês Norte-americano, o professor e linguista Fábio Alencar... A PRONÚNCIA DO INGLÊS AMERICANO é o livro DIGITAL mais vendido de Fonologia Inglesa no Brasil desde 2016.. A obra, em belo formato PDF ilustrado, ainda proporciona 200 Testes de Pronúncia, segundo as Regras, e com todas as questões resolvidas e algumas comentadas pelo próprio autor... O livro contou com o recurso de símbolos fonéticos do APA ( American Phonetical Alphabet ) a partir do site Merriam-Webster, o dicionário de inglês mais conceituado dos Estados Unidos... QUANTAS SÃO AS REGRAS DA FONOLOGIA INGLESA? - Cerca de mil. Parece muita coisa, mas é bem menos do que memorizar os sons de 500.000 palavras. Além disso, quando estamos lendo em inglês essas mesmas regras vão aparecer nos textos centenas de vezes por página. E é por causa das infinitas repetições que nós não nos esquecemos das REGRAS nem das suas Exceções ou suas Variações. POR ONDE COMEÇAR A ESTUDAR AS REGRAS DE PRONÚNCIA DO INGLÊS? - As Regras Completas da Pronúncia do Inglês dividem-se em sons de Letras em Destaque, em Grupos e em Sistemas. Começamos pela Fonologia das Letras Individualizadas. Exemplos: A vogal A no Alfabeto é chamada de ei de rei, como em CNA e ABC. Atuando como Prefixo de radicais ingleses, A soa a de mesa, átono, como em ABOUT, ASSIGN, AFAR e AWAY. Já como Prefixo de radicais latinos soa ei, como em AHISTORICAL, ACEPHALOUS e ASYMMETRICAL. Ainda estudando os sons das Letras, temos X no início com som z, como em XEROX, XYLOSE e XANADU. A Consoante R soa em todas as posições da palavra como o R do caipira do Estado de SP, como em carne e amor. A vogal U soa u após as consoantes J,L,R e S, como em JUNIOR, JUROR, JURY, JUPITER, LUCIFER, LUKEWORM, RUDE, PRUDENT, SUPER, desde que U não anteceda 2 consoantes. Se U suceder outras consoantes ou iniciar a palavra vai soar, por regra, iu de viu, como em UNION, MUSIC, FUTURE, desde que não anteceda 2 consoantes também. E DEPOIS DOS SONS DAS LETRAS EM DESTAQUE, DEVEMOS ESTUDAR OS GRUPOS OU OS SISTEMAS, OU AMBOS? - Ambos. Observe: A da palavra VARIOUS soa é de pé porque está no Sistema AEIOU + R + VOGAL, como em CHARIOT, MARRIAGE e CARRY. Mas na palavra VARIETY por haver a presença do Grupo IET, a sílaba tônica incide em I de IET com som ai de pai, como em ANXIETY, DIET e SOBRIETY. Sempre os sons dos Grupos têm a primazia na pronúncia das palavras em inglês. Outro exemplo. A de ASH soa ae, entre a e e, no Sistema AEIOU + CONS 2 ( NÃO R ), mas o Grupo QUA Soa kuó como em SQUASH, QUALITY e SQUAT. Porém no Sistema AEIOU + CONS 1 + E a vogal A de QUA e WA soa ei, como em EQUATE e WAVE. COMO CHAMAR AS VOGAIS TÔNICAS QUANDO ELAS NÃO SE ENCAIXAREM NOS SISTEMAS COMUNS? - Partimos então para o SISTEMA GERAL, A soa ae, como em CApital, Average, Animal e SAturday. E soa é, como em PREsent, Exit, MExican, PElican e Enemy. I ou Y soa i médio como em PHYsicist, Image, Italy, PYramid e CInema. O soa a como em POlitics, Olive, biOlogy, Operate e MOdern. U já estudamos, lembra? E AS PALAVRAS GRANDES COMO PRONUNCIÁ-LAS? - Basta observar a terminação delas. Com 3 sílabas, a tendência de palavras ficarem proparoxítonas incide exatamente em certas terminações. Exemplos: VOG(1) + CONS(1), como em ANIMAL, EXODUS, PYRAMID, AMERICAN, ANALYSIS e CABARET. No entanto alguns Grupos invertem essa situação. Ou seja, tornam as palavras paroxítonas, Exemplos: ITIS ( ai-tis) = BRONCHITIS, BURSITIS e MENINGITIS. ENTAL ( en-tal ) = ENVIRONMENTAL, CONTINENTAL E PARENTAL. OSIS ( ou-sis ) = HALITOSIS e DIAGNOSIS. TEM COMPLEMENTO DE REGRAS? - Ainda estudaremos detalhadamente as Transformações Fonêmicas por motivos de exceções, variações ou outras regras ( já vimos um pouco), Homógrafos, Homófonos, etc... TRANSFORMAÇÕES FONÊMICAS? - Sim, é quando a vogal tônica muda de regra. Exemplos: I de VICE soa ai em AEIOU + CONS 1 ( NÃO R ) + E ( FINAL ), de MINE e SITE. Mas em AEIOU + CONS 1 + E/i + VOG esse I soa i de rir, como em VICIOUS e LINEAR. E de GE de HOMOGENEOUS soa i de sim por conta do Sistema supracitado. Porém se a palavra de mesmo radical for HOMOGENEITY a sílaba tônica incide em E, som i de vir, do Grupo EITY de DEITY e HETEROGENEITY. É só conhecer bem cada Grupo para não fazer confusão. TEM EXERCÍCIOS NA OBRA? -Muitos, passam de 200, com todas as respostas no final. COMO COMPREENDER AS VARIAÇÕES DE PRONÚNCIA REGIONAIS? – Isso não é problema algum. Tome por base as variações regionais aqui mesmo no Brasil, em que EXISTIR tem cerca de 9 modos de falar, se levarmos em conta que E soa “i” e “é”, S soa “s” e “j” e R soa “r” do interior de SP, da capital, ou como é pronunciado no restante do país, um “r” de rato. Mesmo com certas letras sofrendo radicais mudanças fonológicas, graças à Televisão o Brasil inteiro compreende o que se fala em outras regiões. - Como assim a Televisão? O que a difusão televisiva tem a ver com isso? – É muito simples explicar: Em nosso cérebro acumulamos em arquivos mentais cada padrão de regra a partir de uma regra geral, aprendida na Escola. Nessas mesmas pastas são colocadas em torno da regra pronunciada por nós qualquer que seja a variação. Um exemplo fácil de como funciona a memória: Se abrirmos o arquivo mental inerente a determinado assunto, uma porção de informações sobre o assunto vem à tona, surge em nossa mente como num piscar de olhos. É o caso do arquivo Pelé. Ao abrirmos a pasta Pelé, o que podemos extrair dela?...Que seu nome de batismo é Edson Arantes do Nascimento....Que é considerado o melhor jogador de futebol de todos os tempos...Que em Maceió há um Estádio de futebol chamado Rei Pelé...Que marcou mais de 1.000 gols..etc.. Logo, as variações dos sons das letras em inglês serão absolutamente bem-compreendidas em função de já as termos ouvido de outras bocas. O inglês, canadense e australiano entendem perfeitamente o que o americano diz e vice-versa. É claro que a compreensão cai um pouco devido ao sotaque, devido às variantes e formas de linguagem no momento de se expressar. Tranquilamente superável... Mas o mais importante é mantermos um padrão fonemático existente. Por exemplo, chamar SQUASH de “skuésh” é absurdo, pura invenção da mente, por achar que todo A no ambiente AEIOU + CONSOANTES NÃO-R é pronunciada “ae”, como em APPLE e ASK. Por falta de conhecimento das Regras, quem se equivocou nunca soube da existência do Grupo QUA que se fala “kua” e “kuó”, nunca de outra maneira, a não ser pelas exceções... Para concluir a Apresentação da obra na Saraiva, o leitor deve achar estranho o Texto bastante longo em comparação com o de outras obras. Os editores da FBA books na Saraiva não possuem o recurso de visualização” DÊ UMA OLHADA” como o fornecido pela Amazon para o cliente ler 25 das 250 páginas do livro e tirar melhores conclusões a respeito do conteúdo, deste que é o e-book de Fonologia Inglesa disparadamente o mais vendido no Brasil desde 2016. Seja o próximo a Falar Tudo Em Inglês Em 6 Meses, Sem Recorrer Ao Dicionário! Não permita que seus filhos estudem a Língua Global sem As Regras Completas da Pronúncia do Inglês. Se isso ainda está ocorrendo, o futuro deles pode estar comprometido. Afinal, o mundo não é apenas dos mais espertos, é também dos mais “experts”. - INTRODUÇÃO - Memorizar os sons de 300 mil vocábulos a 1 milhão de palavras ou cerca de1.000 regras de pronúncia, para se obter o mesmo resultado em muito menos tempo? - A Memória é implacável. Ou nós fazemos a mente trabalhar na fluidez de suas coordenadas, ou nós nos perdemos em seus infinitos labirintos. Prenda-se agora ao modo mais correto de atingir o ápice da disciplina PRONÙNCIA DO INGLÊS via visualização das REGRAS DE FONOLOGIA... Numa palavra deve conter: 1- SONS DAS LETRAS - Verificar se estão no alfabeto, como James P. Watson, X-ray, vitamin B e CNN. ( P pi/ X eks/ B bi/ C si/ N en )... Compondo as palavras, cada letra soa de acordo com as regras ou conforme certas peculiaridades fonemáticas: A ( como prefixo de radicais ingleses ) soa “a” átono de mesa: about, afar, away, apiece e around... U ( após JLRS, desde que não anteceda consoante final ou duas consoantes e desde que não inicie a palavra ) soa “u”: june, super, prudence, rudiment, juror, pluto e absolute... X ( abrindo a palavra ) soa “z” de zebra: xanadu, xerox, xylose, e xenofobia... Y ( findando em terminação CONS + Y, em não-verbos, e em palavras de 3 ou mais sílabas ) soa “i”: biology, fantasy, enemy, spectroscopy e therapy. Em verbos, com qualquer quantidade de sílabas, soa “ai”: dy, demy, rely, deny, occupy, multiply, defy, magnify, prophesy e try... 2- SONS DOS GRUPOS/SUBGRUPOS – ( São cerca de 500. Mas como são finitos, em algum momento, prementemente, todos estarão memorizados.)... GRUPO AI - som ei, como em: mail, faith e train. Em palavras orientais soa ai, como em: samurai, kaiak e taipan. - SUBGRUPOS DE AI - AIN - som in átono, em maiores de 1 sílaba, no final, em não-verbos, como em captain, chaplain, fountain e britain. Em verbos, nesse contexto, soa ei, como em maintain, explain e pertain... AIR - som ér, como em airplane e airport. - GRUPO EA - som i, tônico, como em hear, seal, beacon, easy, leave, seat e dream. Tendo como exceções, de som é: endeavor, bear, pear e treacherous. De som ei em steak e great. Por EA ser um Grupo Flexível, nas palavras em regras proparoxítonas ( CONS 1 + Y final ) a vogal A soa é, como em reAlity e, por conseguinte, E soa i átono. No conjunto EA + R + CONS, o Grupo EA soa o de moça, como em heard, rehearse, earl, early, earth, search e learn. Com ressalvas para beard / bird/ e heart /hart/. - SUBGRUPOS DE EA - EAD - som éd, como em bread, breadth, deaden, instead, lead ( passado de lead ), read ( passado de read ), leaden, head, meadow e ready. Exceções: som id para EAD: lead e read ( no presente ) e bead... EAL - som i-el, átono, no final de palavras acima de 1 sílaba, como em boreal, cereal e corporeal. Variando para í-el, com I tônico em appeal, surreal, pharingeal e hymeneal... EALT(H) - som élth, como em health e wealthy. - EASURE - som é-jûr, como em pleasure, measure e treasure. - EATHER - som é-ther, como em leather, feather e weather. - EAU(X) - som ou ( em radicais franceses ), chateau, bateau, tableau, trousseau e bureau.. - GRUPO IE – som ai, em monossílabos, pós-consoante, como em die, pie e tie. Em palavras maiores de 1 sílaba soa i médio, como em calorie, kiddie e hippie. Tendo como exceções: friend / frend /, fiend / find / frieze / friz / e shriek / shrik /. - SUBGRUPOS DE IE - IECE - som iss, como em piece e niece. - IEF - som if, como em thief, belief e brief. - IELD - som íeld, como em field e wield. - IERCE - som irss, como em fierce, tiercel e piercing. - IET(Y) - som áiet(i), como em diet, anxiety e variety. - IEV - som ív, como em sieve e believe.... 3- SONS DOS SISTEMAS - ( Olhar os ambientes ortográficos e respeitar os sons das letras neles contidos )... Exemplos: A vogal A soa “a/e” na sílaba tônica de AEIOUY + CONSOANTE FINAL - mad, pal, am e has; AEIOUY + CONSOANTES ( não R ) - cash, admiral, ant, pattern, afford e package. Ou no Geral. Ou seja, quando não há regra para outro som: cApitalism, mAlady, Adipose, Aliment. A vogal A soa “ei” na sílaba tônica de: AEIOUY + CONSOANTE 1 + VOGAL 1, com no máximo 1 consoante final, em dissílabos paroxítonos: naval, data, saga, banal, razor e maden. AEIOUY + CONSOANTE 1 + E/I + VOG: herbaceous, facial, radium, nation e trachea, CH soando “k’ conta-se 1 consoante apenas. A palavra batrachial / be-trEI-ki-el/ reforça essa tese. AEIOUY + CONSOANTE 1 + E ( final silente ) : insane, game, mate, Jane, pale, grade, safe. Com 3 sílabas a palavra, geralmente, esse som de A perde a intensidade para a vogal da 1ª. sílaba, como ocorre em: hUrricane. A vogal I soa “ai” na sílaba tônica de: AEIOUY + CONSOANTE 1 + E ( silente ): rise, byte, ogive, file, hire e time. Com 3 sílabas, a vogal I fica na sílaba mesotônica, a 2ª. mais sonora, a 1ª. é a mais audível: sAtellite...AEIOUY + CONSOANTE 1 + VOGAL 1, com no máximo 1 consoante final, em dissílabos paroxítonos: idol, hilux, final, item, hypo, hyper e silo. Porém, no contraste com o Sistema I + CONSOANTE + EN, o som de I muda para “i”: driven, thriven e risen. A vogal O soa “ou” na sílaba tônica de: AEIOUY + CONSOANTE 1 ( não R ) + E ( silente ): corrode, pole, vote, dose, mode, robe, dome, phone e coke. Algumas exceções de O neste Sistema: one / uan/, lose /luz/, some / sam/ e gone / gón/. AEIOUY + CONSOANTE 1 + VOGAL 1, com no máximo 1 consoante final, em dissílabos paroxítonos: solar, poker, oval, nomad, coco e soda. O Grupo EA, ambientado ortograficamente, a exemplo de EA + R + CONSOANTE, em vez de soar i de mina, soará o de forno, como em search, pearl, earl, earn, learn e heard. A palavra heart, som hart, é uma das poucas exceções desse Sistema. A combinação I/Y + VOG indica dois sons para I ou Y: a) na 1ª. sílaba soa “ai” ( salvo Y na 1ª. letra: yahoo, yes e yellow)... b) após 1ª. sílaba soa “i” átono... Exemplos: som “ai”: riot, myopia, violence, violet, science e myiasis... som “i”: idiot, conscience, onion, chariot, material e tedium. A palavra orion é uma exceção dessa regra, pois I soa “ai”. Logo orion / o-rai-an/... Os conjuntos AEIOU + SION, SUAL, SURE apontam para dois sons de S. a) havendo consoante antes, S soa “x” de enxame: processual, pressure, possession... b) havendo vogal antes, S soa “j” de caju: casual, leisure e vision. - TRANSFORMAÇÕES FONÊMICAS - As Letras mudam de som por causa de outras REGRAS, observe: KIND som \ kaind\ e KINDLE som \ kin-dol \ - O grupo IND soa “aind” somente no final de palavra, podendo manter o som “aind” somente em sufixos ly de blindly e ness de mindness. Exemplos: behind, find, mind remind e blind. Caso contrário basta chamar I de “i” do sistema AEIOUY + CONSOANTES, como ocorre em palavras como: kindred, kindle, industry, vindicate, list, brick e milhares de outras. Mesmo caso de IND o Grupo IGN. Exemplo: SIGN som \ sain \ e SIGNAL som \ sig-nol \. Manter os sons de certos Grupos Sufixais ou Finais é preciso a inclusão dos afixos: ER, LY, MENT, NESS... IGN / ain / = design + er = designer; align + ment = alignment….. ILD / aield / = wild + ly = wildly; child + ness = childness…Outras situações: LINE som \ lain \ - I no sistema AEIOUY + CONS 1 + E para I soar “ai”, como em: fine, mine, fire, while e outras. LINEAR som \ lí-ni-ar \ - I no sistema AEIOUY + CONS 1 + VOG 2, 3 para I soar “i”, como em : tradition, video, decision e outras. TABLE som \ tei-bol \ - A no sistema AEIOUY + CONS 1 + LE ( final de palavras com 2 sílabas ) para A soar “ei” como em cradle, maple e cable. VEGETABLE som \ vé-dji-te-bol \ - O sistema aumentando sílabas, passando de 2, a vogal A, anterior à CONSOANTE + LE, soa “e” átono, como em: delectable, spectacle e oracle. ZODIAC som \ zou-di-aek \ do grupo IAC, som “i-ak” no final, de maniac e hypochondriac. ZODIACAL som \ zou-dai-a-kol \ do grupo proparoxítono IACAL, som “ai-a-kol” como nas palavras ammoniacal e maniacal. HAVE som \ haev \ da exceção do sistema AEIOUY + CONS 1 + E no final de palavras, como: slave, trade e insane. BEHAVE som \ bi-heiv \, do mesmo sistema de HAVE, mas nada de ser exceção, som A de acordo com o sistema. MISER som \ mai-zor \, a vogal I pronunciamos “ai” no sistema de pilot, iron, fiver, titan, em que existe uma consoante separando uma vogal de outra, com no máximo uma consoante no final. Sistema dissílabo-paroxítono. AEIOUY + CONS 1 + VOG 1 ( + CONS 1 ). Tendo como exceções de I, soando i, rigor, vigor, pity, giga e visa. MISERY, soa “i” de image, clinical, mineral e minimum. Pois não há regra que justifique I de MI soar “ai”. RESIDE, a letra I soa “ai” de acordo com o sistema AEIOUY + CONS 1 + E no final, de site, while e admire. RESIDENCE, a vogal I soa apenas “i” átono, pois sofre pressão fonológica da sílaba tônica RE, e também por não existir regra para soar “ai”. E de RE soa “é” porque não existe razão para soar “i”. Aproveitando o ensejo, a alteração do som de E de “é” para “i” tônicos ocorre bastante em palavras latinas de 2 sílabas com grafia final de 2 consoantes, obedecendo a regra de verbos e não-verbos. Em verbos, E soa “i” átono em função da sílaba tônica vir na sílaba final, como em recOrd e presEnt. Em não-verbos, E passa a soar “é” como em rEcord e prEsent. SCIENCE está no sistema I/Y + VOGAL no início, por isso o som “ai” para I, como em: riot, dialogue, dial, myopia e myiasis. CONSCIENCE, no mesmo sistema, indica som “i” átono para I/Y + VOGAL, da segunda sílaba em diante, como em: chariot, idiom, warrior, alien e patriot. HEAVE som \ hív \ conforme grupo EA som “i”. HEAVEN som \ hé-ven \ porque é exceção de EA. FACE, a letra A soa “ei” no sistema AEIOUY + CONS 1 + E ( no final ) de exemplos como: grace, made, same, hurricane, shake e whale. SURFACE, ACE é um grupo sufixal átono de som “iss”, confira: \ sôr-fes \. Outros exemplos: furnace, palace, menace e Horace. No entanto, nesse contexto, grimace / grimeiss /, ambsace / ámseis /, embrace / imbreiss / e deface / difeiss / fogem à regra. HOMOGENEOUS se pronuncia \ hou-mo-djí-nies \ em virtude de E de GE estar no sistema AEIOUY + CONS 1 + E / I + VOG, como em: media, premium, encyclopedia, material e selenium. HOMOGENEITY soa \?hou-mo-dji-ní-i-ti \ no surgimento do grupo EITY, que não deixa margem de dúvida de onde vem a sílaba mais tônica. O stress cai em E de EITY. E por conta do Y de EITY o vocábulo torna-se proparoxítono. HIDE som \ haid \ assim como VICE som \ vais \ porque em ambas as palavras I está no sistema AEIOUY + CONS 1 + E , enquanto nos vocábulos HIDEOUS som \ hí-di-es \ e VICIOUS som \ ví-shes \ a vogal I de HI e VI soa diferente porque encontra-se em outro ambiente ortográfico, mais precisamente no sistema AEIOUY + CONS 1 + E / I + VOG para soar “i” a exemplo de: lineage, video, tradition, filial e linear. BALL som / ból / e BALLET som / bé-lei /. Por quê? A palavra ball contém o grupo ALL / ól / em finais de palavras inglesas, tais como: hall, recall, tall, call, mall e fall. Em ballet a vogal A pertence ao sistema AEIOUY + CONS 2 para soar ae ( entre a e e ), como nos vocábulos catch, addict, apple e grant. Algumas Regras sofrem VARIAÇÕES. E é aí onde se deve ter mais cuidado ao visualizar e pronunciar as palavras. A vogal I, no final, após consoante ou em plurais latinos, é chamada de “ai” em alibi, pi, prefixo bi, prefixo anti, prefixo di, esophagi, fungi, raddii, nuclei e syllabi. Vogal I com som “i” nas seguintes palavras da amostragem: prefixo semi, yogi, spaghetti, broccoli, safari... etc,. O grupo ASIS som “ei-sis” em vocábulos paroxítonos, a exemplo de: basis, oasis, dalasis e stasis. ASIS som “e-sis” com A átono em proparoxítonos, como: anAbasis, prOtasis, Ectasis e metAstasis. ESIS com o som “í-sis” em vocábulos paroxítonos, como os da relação: thEsis, anthEsis, diaphorEsis, kinEsis e cyEsis. Grupo ESIS som “ e-sis” com E átono em proparoxítonos da lista: Emesis, Aphesis, sYnthesis, gEnesis e parEnthesis. LI som “li” no início de: liberty, liturgy, libido, liquid, lipide e livery, enquanto LI soa “lai” no início de: liable, license, linage, lilac e lipase, dentre outras que constam na obra. O grupo OST com o som “óst” em lost, cost, accost e frost e OST som “oust” em: ghost, post, most e host. Grupo consonantal CH som “tch” em áreas gerais, como inch, beach, church, chip, search, punch e chat; mas em áreas específicas ( doenças e corpo humano, química, grupo ARCH, mecânica, artes e tempo ) CH soa “k” como em: ache, trachea, bronchial, stomach, tachometer, chemistry, alchemy, schedule, melancholy, scheme, hierarchy, archipelago, monarchy, chore-ography e epoch. Ainda nas palavras de origens francesas CH soa “x” de enxame, a exemplo de: champagne, chalet, douche, cachet, cliché, machete e chivalry... – GRUPOS - Os GRUPOS não são apenas pedaços de palavras. Eles existem por uma razão toda especial: a de serem personagens fonológicas com identidade fonêmica própria. Não fossem pelos GRUPOS, iríamos criar uma enorme confusão fonêmica na hora de pronunciar os vocábulos ingleses. - CLASSIFICAÇÃO DOS GRUPOS - - GRUPOS FLEXÍVEIS – CUJAS LETRAS VARIAM FONEMICAMENTE CONFORME O AMBIENTE ORTOGRÁFICO: / AE / AO / EA / EI / EO / EU / OE / UE / UI / - - GRUPOS FIXOS – QUE NÃO SOFREM VARIAÇÕES FONÊMICAS, A NÃO SER POR CAUSA DE EXCEÇÃO: / AI / AU / AW / AY / QUA / ASIS / ENTAL / ESIS / EVER / IAC / INE / BI / / PRIM / ISIBLE / IVE / OO / MOV / PROV / NUCL / HYPO / - GRUPOS VOCÁLICOS – AQUELES CONSTITUÍDOS APENAS POR VOGAIS: / AE / AO / EA / EI / EO / EU / OA / OE / OO / OW / OY / UE / UI / - GRUPOS COMPOSTOS – AQUELES QUE CONTÊM VOGAIS E CONSOANTES: / ACE / ARY / ASIS / QUA / WA / ENTAL / HEDR / RE / ISIBLE / ITIS / ONYM / /VOC / HYDR / - GRUPOS CONSONANTAIS - APENAS COM CONSOANTES: / CH / GH / KN / PH / PS / PT / SH / SM / TH / WR / - GRUPOS INICIAIS – QUE ABREM A PALAVRA: / ECO / RE / IDE / ISA-ISO / BI / PRIM / VI / LOC / PROC / VOC / - GRUPOS GERAIS – EM QUALQUER POSIÇÃO DA PALAVRA: / AY / EE / OO / OVE / OW / TOUR / BODY / SH / TH / - GRUPOS SUFIXAIS – QUE FECHAM A PALAVRA: / ACE / AN / ARY / ATOR / ET / IAH / IAC / IASIS / ILE / IND / IVE / OGUE / ONYM / PLY / STEN / STLE /… Agora deixaremos você à vontade para pensar e repensar as informações que demos anteriormente. Em seguida, caso esteja disposto, tente pronunciar as seguintes palavras inglesas sem o auxilio das Regras em um intervalo de apenas 3 minutos. Os alunos do Curso de Fonologia Inglesa com Regras de Pronúncia, ministrado pelo Prof. Fábio Alencar, conseguem acertar os sons de todas essas da amostragem e mais algumas em menos tempo. Boa Sorte. ( texto disponibilizado pela Apple – American Practical Process for Learning English ) - Com base nas Transformações Fonêmicas, um Exercício excelente ao desenvolvimento do raciocínio... (revere/reverence) – (preside/president) – (envelop/envelope) – (despair/desperate) - (impost/impostor) - (mitral/mistral) - (credo/credence/credit) - (legion/legible) – (evens/even) – (sew/sewer/sewage) - (over/cover) - (benign/benignancy) - (meter/metric) – (cloth/clothe) – (allege/allegiance) – ( break/breakfast) – (provide/provision) - (medium/meditate) - (lace/necklace) – (ratio/ration/rationality) - (face/surface) - (blaspheme/blasphemous) - (plane/planet) - (crime/criminal) - (earth/hearth) – (hove/hovel/hover) – (heave/heaven) – (tropic/tropism) – (serene/serenade) – (revive/revivify) - (vocative/vocal) – (foul/foulard) - (school/scholar) – ( vine/vinegar) - (mediocre/mediocrity) – (plenum/plenary/plenitude) - (aknowledge/know) – (minus/minuscule) – ( bow/bowl/bowel) - (horizon/horizontal) – (repair/reparation) – (inside/insidious) - (sacrilege/sacrilegious) – (sacred/sacrifice) - (prepare/preparation) – (mode/model/modern) - (hero/heroine/heroism) – (repeat/repetition/repetitive) - (minor/minority) – (analyse/analysis) - (impede/impediment) – (holy/holiday) - (compare/comparable) – (office/official) - (ovary/ovarian) – (get/target/budget/gadget/midget) (harmony/harmonious) – (orchestra/orchestral) – ( say/says) - (patron/patroon) – (zoo/zoological) – (Jesus/Jesuit) - (mole/molecule) - (continent/continental) - (famous/infamous) - (mine/miner/mineral) - (line/liner/lineage/linear/linen) - (spontaneous/spontaneity) – (finite/infinite) (should/shoulder) – (bible/biblical) – (retrocede/retrocession) - (severe/severance) – (amity/amiable) -

Caracteristicas

AutorFBA books, FBA books
Formato Livro Digitaltrue
Sob Encomendafalse
Fora de Linhafalse
CentímetroMetroKilogramaGrama

Dimensões

A PRONÚNCIA DO INGLÊS AMERICANO - ao leitor de Paulo Rónai, Nelson Motta, Darcy Ribeiro, Rita Lee
Altura: 0,00 Centímetro
Largura: 0,00 Centímetro
Profundidade: 0,00 Centímetro
Peso: 0,00 Grama

Outros livros do autor

    Vendido e entregue por: