Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8
Promoção Visa Checkout
e-book

A RAPOSA DO CERRADO (Cód: 6331477)

José Leonídio Pereira

publique-se!

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 8,99
Cartão Saraiva R$ 8,99

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


A RAPOSA DO CERRADO

R$8,99

Descrição

A Raposa do Cerrado nasceu de um produto de vivências pintadas pela realidade no conviver com o cotidiano das pessoas humildes e das diferentes condições sociais que compõem esse imenso paraíso multicolorido chamado Brasil.

Observando desde criança com os olhos do coração a velha parteira Dona Marcolina, toda humildade e sabedoria, com sua unha em garra de gavião, que muito brasileiro fez nascer e era admirada e respeitada por todos.

A gestação desta obra tem seu início na figura da grande mãe preta, que no seu anonimato brilhante doava segurança e afeto a comunidade e que são as raízes do meu caminho a obstetrícia.
Participando do Projeto Rondon na região de Canudos no sertão baiano, convivendo com uma realidade diferente do Rio de Janeiro, onde a figura da velha parteira também se fez presente, com a honraria dos filhos de umbigo, a lhe pedir abenção no dia das mães, porem o contato com a vida de uma cidade típica da Caatinga, mostrou-me outros aspectos, que iam do irônico como: “a delegacia viveiro dos pássaros” de Chico Curió; o “cadeado no xibiu ‘, ou a preservação da moral das mulheres condicionadas a não perder os “ pelos da vergonha”, a religiosidade no eterno conflito entre a Igreja e os cultos afro brasileiros; as crendices; o misticismo; ou a inexistência dos valores humanos, chegando ao total desprendimento destes, quando a morte é encarada como um fato rotineiro, onde uma criança e encarregada de enterrar debaixo de uma árvore seu irmão mais novo ou quando os remédios recomendados para tratar uma criança doente, são dados aos irmãos, para não terem o mesmo mal, uma vez que “a luz da morte está nos olhos dele”.

Este quadro tem como pano de fundo, a política, os coronéis, o comando pelo dinheiro, com a seca sendo usada como arma de domínio, onde apesar do solo seco, e rachado a semente do amor insiste em florescer como o imponente mandacaru.
A Raposa do Cerrado, como um Vatapá ou uma fatada de bode, com seus múltiplos ingredientes é um retrato de como confeccionar um “prato político típico do sertão baiano”.

Características

Produto sob encomenda Sim
Marca publique-se!
Cód. Barras 97885915681
Acabamento ebook
Início da Venda 12/10/2013
Territorialidade Internacional
Formato Livro Digital Epub
Proteção Drm Sim
Idioma 332
Código do Formato Epub
Peso 0.00 Kg
AutorJosé Leonídio Pereira