Artboard 33Artboard 16Artboard 18Artboard 13Artboard 42Artboard 21Artboard 4Artboard 5Artboard 45Artboard 22Artboard 7Artboard 42Artboard 23Artboard 17?Artboard 28Artboard 43Artboard 49Artboard 47Artboard 15Artboard 32Artboard 6Artboard 22Artboard 5Artboard 25Artboard 1Artboard 42Artboard 11Artboard 41Artboard 11Artboard 23Artboard 10Artboard 4Artboard 9Artboard 6Artboard 8Artboard 7Artboard 3Artboard 12Artboard 25Artboard 34Artboard 43Artboard 44Artboard 16Artboard 24Artboard 13Artboard 5Artboard 24Artboard 31Artboard 1Artboard 12Artboard 27Artboard 30Artboard 36Artboard 44Artboard 9Artboard 17Artboard 6Artboard 27Artboard 30Artboard 29Artboard 26Artboard 2Artboard 20Artboard 35Artboard 15Artboard 14Artboard 50Artboard 26Artboard 14Artboard 40Artboard 21Artboard 10Artboard 37Artboard 46Artboard 33Artboard 8
e-book

A sabinada (Cód: 9321530)

Souza, Paulo César de

Companhia Das Letras (Edição Digital)

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 30,00

em até 1x de R$ 30,00 sem juros

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 1x sem juros de


A sabinada

R$30,00

Descrição

Publicado originalmente na década de 1980, A Sabinada investiga a revolta republicana e separatista que dominou a cidade de Salvador entre novembro de 1837 e março de 1838. Valendo-se de extensiva documentação, Paulo César de Souza revela as motivações políticas, sociais e econômicas da revolução baiana, apontando o centralismo da Corte, a tensão racial e a miséria como suas causas fundamentais. Os principais líderes encarnavam os anseios de boa parte das camadas médias e baixas da população de Salvador, compostas na maioria por mulatos e escravos libertos. Após poucos meses de cerco, entretanto, a impiedosa repressão organizada pela aristocracia rural do Recôncavo invade a capital, enquanto o governo republicano, incapaz de resistir às próprias hesitações e contradições, cai fragorosamente. Os líderes brancos são capturados, julgados e quase sempre condenados a penas leves (e mais tarde anistiados por d. Pedro II), enquanto a grande maioria dos revoltosos presos ou mortos pelos monarquistas, segundo o autor, é de negros e mulatos. Percebe-se, afinal, como a história da Sabinada deixa à mostra as mais características fraturas do tecido social brasileiro, desde então quase inalterado.

Características

Peso 0.00 Kg
Produto sob encomenda Sim
Marca Companhia Das Letras (Edição Digital)
Idioma 333
Acabamento e-book
Territorialidade Internacional
Formato Livro Digital Epub
Gratuito Não
Proteção Drm Sim
Tamanho do Arquivo 1121333
Início da Venda 31/07/2009
Código do Formato Epub
Cód. Barras 9788580863819
Ano da Publicação 2009
AutorSouza, Paulo César de