Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8

A Sexualidade na Aurora do Século XXI (Cód: 2594554)

Alberti,Sonio

Companhia De Freud

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 56,00
Cartão Saraiva R$ 53,20 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 2x de R$ 28,00 sem juros

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


A Sexualidade na Aurora do Século XXI

R$56,00

Descrição

Hoje o que está em jogo na sociedade é a primazia do objeto: o objeto-mercadoria, objeto da tecnologia, objeto da ciência, objeto da moda, todos esses objetos inundam nossas vidas, nosso cotidiano e se tornam próteses de nossos corpos como já anunciava Freud no início do século XX a respeito dos objetos da ciência de sua época: “graças a todos esses instrumentos – o telescópio, o microscópio, o telefone – o homem aperfeiçoa seus órgãos, tornando-se assim um deus de prótese – sem dúvida admirável! – de posse de todos seus órgãos auxiliares. Mas o que fazer quando não funcionam?”. Quem perde um celular tem a impressão de perder um membro do corpo; quem perde o disco duro do seu computador parece ter sido amputado de seu órgão sexual. Por outro lado, o objeto-droga, o objeto-arma, sob a batuta do capital, são objetos-causa das rixas, guerras e mortandade nos confrontos entre tráfico, milícia e política. Esses objetos estão cada vez mais se aproximando do humano, ou seja, estão se autonomizando e sendo empurrados para ocuparem a posição de sujeitos. Estima-se que em menos de 50 anos os aparelhos de inteligência artificial irão se igualar ao funcionamento cerebral. É o que já se chama de trans-humanos: produto do empuxo à subjetivação dos objetos. Se os objetos reivindicam um status de sujeito, é porque o sujeito está ameaçado de desaparecer para que prevaleça seu status de objeto.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Companhia De Freud
Cód. Barras 9788577240524
Altura 23.00 cm
I.S.B.N. 9788577240524
Profundidade 2.00 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2008
Idioma Português
País de Origem Brasil
Número de Páginas 428
Peso 0.50 Kg
Largura 16.00 cm
AutorAlberti,Sonio