Artboard 33Artboard 16Artboard 18Artboard 13Artboard 42Artboard 21Artboard 4Artboard 5Artboard 45Artboard 22Artboard 7Artboard 42Artboard 23Artboard 12Artboard 28Artboard 17?Artboard 28Artboard 43Artboard 49Artboard 47Artboard 15Artboard 32Artboard 6Artboard 22Artboard 5Artboard 25Artboard 1Artboard 42Artboard 11Artboard 41Artboard 11Artboard 23Artboard 10Artboard 4Artboard 9Artboard 6Artboard 8Artboard 7Artboard 3Artboard 12Artboard 25Artboard 34Artboard 43Artboard 44Artboard 16Artboard 24Artboard 13Artboard 5Artboard 24Artboard 31Artboard 1Artboard 12Artboard 27Artboard 30Artboard 36Artboard 44Artboard 9Artboard 17Artboard 6Artboard 27Artboard 30Artboard 29Artboard 26Artboard 2Artboard 20Artboard 35Artboard 15Artboard 14Artboard 50Artboard 26Artboard 14Artboard 40Artboard 21Artboard 10Artboard 37Artboard 46Artboard 33Artboard 8

A Vivência e a Invenção na Palavra Literária (Cód: 2603508)

Costa,Cleide da

Paulinas

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 29,50

em até 1x de R$ 29,50 sem juros
Cartão Saraiva: 1x de R$ 28,03 (-5%)

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 1x sem juros de


A Vivência e a Invenção na Palavra Literária

R$29,50

Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X
Formas de envio Custo Entrega estimada

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 15:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

Que estranha força leva as pessoas a empreenderem a luta diária, deixando para trás o cansaço e as frustrações para enfrentarem novamente mais desafios e obstáculos na conquista de outro dia?Esse tipo de questão requer uma reflexão séria e árdua, longe desta sociedade em que a privacidade cotidiana do homem se transformou em reality show colocado à venda, como assim o quer o sistema capitalista, igual a um mico de circo, fadado ao entretenimento de outros micos.
A vivência e a invenção na palavra literária enfoca a vida diária e a elevação do valor existencial da casa e do cotidiano como o espaço revelador da vida autêntica do homem contemporâneo que – aprisionado e embriagado por valores superficiais que nada contribuem para uma vida bem vivida e plena de significados – foi desviado de seus sonhos e despojado de sua verdadeira identidade na “grelha” da globalização, vendo-se reduzido a mero espectador da existência que lhe foi proposta. Nesse sentido, Cleide Papes, com um sopro de lucidez, nos convida na leitura de seu texto a resgatar a dignidade da nossa condição humana, recuperar a coragem de enfrentar o status quo e reassumir o controle de nossas vidas, porque, segundo ela, “Heróis são estes homens que perdem rostos e nomes no meio de uma multidão móvel e contínua, reiterando sua ação de reagir às adversidades e de modificar o meio em que vivem. Nem deuses, nem mágicos, são gente comum, num fazer constante, desde tempos remotos, construindo a sua história”.
E, se não há holofotes no nosso palco, não quer dizer que estamos formatados para uma vida insípida e sem espantos, porque ninguém escreverá a história que devemos viver. “E de nada serve esperarmos por varinhas de condão que não vêm fazer aquilo que nós não fizermos”, porque, conforme a autora, “O cotidiano é aquilo que nos é dado cada dia (ou que nos cabe em partilha), nos pressiona dia após dia, nos oprime, pois existe uma opressão do presente”.
Como superar os desafios do poder inebriante e reagir diante de modelos desgastados?
Cleide Papes, em seu livro, aponta “as profundas ligações entre a literatura e a vida, o mundo dos homens e a arte, na vivência e na invenção, ambas destacando o ser humano como a obra máxima da Criação, na qual coexistem os personagens, o ser social, o indivíduo comum e o escritor”.
A palavra literária tem força!

Características

Peso 0.27 Kg
Produto sob encomenda Não
Editora Paulinas
I.S.B.N. 9788535622201
Altura 23.00 cm
Largura 15.50 cm
Profundidade 0.00 cm
Número de Páginas 184
Idioma Português
Acabamento Brochura
Cód. Barras 9788535622201
País de Origem Brasil
AutorCosta,Cleide da