Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8
Livro Digital

Abdias (Cód: 6807174)

Anjos,Cyro dos

Globo Editora (Edição Digital)

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 20,30
Cartão Saraiva R$ 20,30

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Abdias

R$20,30

Descrição

Cyro dos Anjos é um autor que se pode chamar de “sóbrio”. Sóbrio no estilo literário, sóbrio na quantidade de títulos, sóbrio na personalidade. O mesmo, porém, não se pode dizer do personagem-título de seu segundo romance, 'Abdias', relançado como parte das “Obras Reunidas”, com coordenação, plano de edição e fixação do texto por Wander Melo Miranda - além de posfácio de Reinaldo Marques.
Estréias literárias costumam passar despercebidas, tornando-se relevantes retrospectivamente, quando o nome do autor se firma. Se, porém, a estréia é estrepitosa, dá-se o oposto: o resto da obra será observado prospectivamente a partir da estréia, cujo desempenho deve superar. A expectativa, no entanto, tende a viciar a recepção. Caso clássico é o da obra de Cyro dos Anjos e seu primeiro livro, o famoso O amanuense Belmiro, que de início comprometeria a leitura justa de Abdias. Justa no sentido de dever ser, ou não, sustentada pelo próprio romance, em vez de por comparações expectantes.
Todo estilo é feito de opções. Em Cyro dos Anjos, seus dois romances principais optam pela mesma técnica narrativa, da imitação de um diário. Mesma opção de Machado de Assis em seu último livro, Memorial de Aires, distinto de Esaú e Jacó, o penúltimo. Este, porém, não difere muito da técnica romanesca de Dom Casmurro... Usando, então, a classificação de Ezra Pound, que divide os criadores em inventores, mestres e diluidores, Machado foi, ao mesmo tempo, inventor e mestre, enquanto Cyro dos Anjos, se não foi um inventor, é um mestre consumado das técnicas de que se utiliza. Abdias o exemplifica à perfeição.
Nas palavras do posfaciador, “quando de seu lançamento [...], houve críticos que salientaram as semelhanças [com] O amanuense Belmiro: permanência de um estilo clássico [...], acossado pelas experimentações modernistas; presença de um narrador-personagem, empenhado na escrita de um diário, no qual registra seus devaneios, amores, impressões resultantes de estímulos da vida urbana, de um ambiente muitas vezes tedioso, típico da sociedade pequeno-burguesa; divisão do narrador entre a expressão espontânea das emoções e os constrangimentos da análise, contrapondo-se a turbulência afetiva ao caráter organizado e racional do discurso, em que a escrita do diário acaba sendo um meio de autocontrole, um ponto de equilíbrio; tom intimista e força lírica do mergulho na interioridade, permitindo a exposição delicada de estados de alma e sensações conflituosas, matizada por forte carga reflexiva”. Características tais e tantas que justificam plenamente toda uma obra, que dirá dois romances (para não falar da maestria do estilo: “deliberei não estar apurando risinhos sorrelfos ou sorrateiras malícias” [p. 21]).

Características

Produto sob encomenda Sim
Marca Globo Editora (Edição Digital)
Cód. Barras 9788525056252
Acabamento ebook
Início da Venda 23/01/2014
Territorialidade Brasil
Formato Livro Digital Epub
Tamanho do Arquivo 3157
Proteção Drm Sim
Idioma Português
Número de Páginas 236 (aproximado)
Peso 0.00 Kg
AutorAnjos,Cyro dos

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Abdias