Artboard 33Artboard 16Artboard 18Artboard 13Artboard 42Artboard 21Artboard 4Artboard 5Artboard 45Artboard 22Artboard 7Artboard 42Artboard 23Artboard 12Artboard 28Artboard 17?Artboard 28Artboard 43Artboard 49Artboard 47Artboard 15Artboard 32Artboard 6Artboard 22Artboard 5Artboard 25Artboard 1Artboard 42Artboard 11Artboard 41Artboard 11Artboard 23Artboard 10Artboard 4Artboard 9Artboard 6Artboard 8Artboard 7Artboard 3Artboard 12Artboard 25Artboard 34Artboard 43Artboard 44Artboard 16Artboard 24Artboard 13Artboard 5Artboard 24Artboard 31Artboard 1Artboard 12Artboard 27Artboard 30Artboard 36Artboard 44Artboard 9Artboard 17Artboard 6Artboard 27Artboard 30Artboard 29Artboard 26Artboard 2Artboard 20Artboard 35Artboard 15Artboard 14Artboard 50Artboard 26Artboard 14Artboard 40Artboard 21Artboard 10Artboard 37Artboard 46Artboard 33Artboard 8

Eva Furnari

País de origem: Itália
Nascimento: 21 de maio de 2018
Site: http://www.evafurnari.com.br/pt/a-escritora/
Gêneros Infantil
Eva Furnari nasceu em Roma, Itália em 1948. Veio para o Brasil aos dois anos de idade e reside em São Paulo até hoje.

Em 1976, formou-se em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo. Foi professora de artes no Museu Lasar Segall de 1974 a 79. Na década de 80 colaborou como desenhista em diversas revistas e recebeu o Prêmio Abril de Ilustração em 1987. Durante quatro anos publicou semanalmente histórias da Bruxinha no suplemento infantil do jornal Folha de S. Paulo. Começou sua carreira de escritora e ilustradora em 1980 e já publicou mais de 60 títulos.

No final de 2014 o título Felpo Filva, que já vendeu mais de 250 mil cópias no Brasil, foi publicado na Inglaterra pela Pushkin Books. Seus livros também foram traduzidos no México, Equador, Guatemala, Bolívia e Itália. Participou da Feira Internacional de Ilustradores de Bratislava em 1995 e participou em diversas ocasiões de exposições de ilustradores brasileiros promovidas pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) na Feira do Livro Infantil de Bolonha. Participou ainda da Honour List do International Board on Books for Young People – IBBY, órgão consultivo da Unesco para a literatura infantil, com O feitiço do sapo em 1996.

Muitos de seus livros foram adaptados para o teatro: Lolo Barnabé, Pandolfo Bereba, Abaixo das canelas, Cocô de passarinho, A bruxa Zelda e os 80 docinhos, A Bruxinha Atrapalhada, Cacoete e Truks, sendo que esta última recebeu o prêmio Mambembe em 1994. Outros livros inspiraram animações, como Trudi e Kiki e Godofredo. Em 2014 o Sesc São Paulo organizou uma grande exposição interativa baseada em sua obra, Otrapalhaçãa, que começou em Ribeirão Preto e passou por Catanduva, Araraquara, Taubaté e Bauru, e foi visitada por mais de 80.000 pessoas.

Ao longo de sua carreira, Eva Furnari recebeu diversos prêmios. Entre eles, sete prêmios Jabuti da Câmara Brasileira do Livro (CBL): Melhor Livro Infantil por Felpo Filva e Melhor Ilustração pelos livros Truks, A bruxa Zelda e os 80 docinhos, Anjinho, O Circo da lua, Cacoete e Felpo Filva. Foi premiada nove vezes pela FNLIJ e recebeu o Prêmio da Associação Paulista de Crítica (APCA) pelo conjunto da obra.

Desde 2012 publica seus livros exclusivamente pela Editora Moderna. Essa parceria entre a autora e a editora resultou na criação da Biblioteca Eva Furnari, coleção composta por sete selos que acomodam aproximadamente 50 títulos, entre obras inéditas, reformuladas e reeditadas.

[Fonte: http://www.evafurnari.com.br/pt/]

Leia mais