Artboard 33atençãoArtboard 18atualizarconectividadeArtboard 42boletocarrinhocartãoArtboard 45cartão SaraivacelularArtboard 42Artboard 23checkArtboard 28Artboard 17?compararcompartilharcompartilhar ativoArtboard 28Artboard 43Artboard 49Artboard 47Artboard 15Artboard 32ebookArtboard 22Artboard 5Artboard 25Artboard 1Artboard 42Artboard 11fecharfilmesArtboard 23gamesArtboard 4Artboard 9Artboard 6hqimportadosinformáticaArtboard 7Artboard 3Artboard 12Artboard 25Artboard 34Artboard 43Artboard 44curtirArtboard 24Artboard 13livrosArtboard 24Artboard 31menumúsicaArtboard 27Artboard 30Artboard 36Artboard 44outrospapelariaArtboard 17Artboard 6Artboard 27Artboard 30Artboard 29Artboard 26Artboard 2Artboard 20Artboard 35estrelaestrela ativorelógiobuscaArtboard 50Artboard 26toda saraivaArtboard 40Artboard 21Artboard 10Artboard 37usuárioArtboard 46Artboard 33Artboard 8seta

Has Christian Andersen

País de origem: Dinamarca
Nascimento: 19 de julho de 2018
Site:
Gêneros Infantil
Hans Christian Andersen (1805-1875) foi um escritor dinamarquês, autor dos contos infantis, “Soldadinho de Chumbo”, “Patinho Feio”, “A Pequena Sereia”, “A Roupa Nova do Rei”, entre outros.

Hans Christian Andersen (1805-1875) nasceu em Odense, Dinamarca, no dia 2 de abril de 1805. Filho de um humilde sapateiro, que lutou nas guerras napoleônicas e voltou gravemente doente à sua terra natal morrendo pouco depois. Ficou órfão de pai com apenas 11 anos. Precisou abandonar os estudos e começou a escrever contos e pequenas peças teatrais.

Com 14 anos acompanhou a apresentação de uma companhia de teatro que se apresentou em sua cidade. Tomou uma decisão e resolveu partir. Com uma carta de recomendação e algumas moedas seguiu para Copenhague em busca de emprego. Tímido, desajeitado e inexperiente demorou a encontrar quem lhe desse emprego.

Atraído pelo teatro, insistia a escrever peças. Duas delas chegaram às mãos de Jonas Collin, um conselheiro de Estado, que lhe ofereceu uma bolsa de estudos. Durante seis anos frequentou a Escola de Slagelse. Praticamente adulto, sentia-se constrangido entre os colegas bem mais jovens e muito menores que ele. Estava com 22 anos quando terminou os estudos. Para sair de uma crise financeira escreveu algumas histórias infantis baseadas no folclore dinamarquês. Pela primeira vez os contos fizeram sucesso.

Entre os anos de 1835 e 1842 o escritor escreveu seis volumes de contos infantis. Em suas histórias buscava sempre passar os padrões de comportamento que deveriam ser seguidos pela sociedade. Mostrava muitas vezes o confronto entre o forte e o fraco, o bonito e o feio etc. A história da infância triste do patinho feio foi o tema do mais famoso - e talvez o mais bonito - dos contos criados por Hans Christian Andersen.

Embora adulto, escrevia numa linguagem ao mesmo tempo atraente e accessível ao mundo infantil. Seus contos foram divulgados rapidamente dando-lhe a fama que ele procurou durante tanto tempo. Apesar de ter escrito poesias e romances, seus livros infantis foram os que lhe deram fama e foi aclamado em toda a Europa. Quando regressou ao seu país, foi recebido com grandes festejos e logo se viu cercado de amigos.

Hans Christian Andersen faleceu em Copenhague, Dinamarca, no dia 4 de agosto de 1865. Devido sua importância para a literatura infantil, o dia 2 de abril - data de seu nascimento - é comemorado o Dia Internacional do Livro Infanto-juvenil. A medalha Hans Christian Andersen é entregue anualmente aos melhores escritores desse gênero. No Brasil, a primeira escritora a receber a premiação foi Lygia Bojunga. Muitas de suas obras foram adaptadas para a TV e para o cinema.

[Fonte: https://www.ebiografia.com/]

Leia mais