Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8

Ave Maria Expositio - Comentário À Ave Maria (Cód: 3363958)

Aquino, Santo Tomás de

MUSA

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 36,00
Cartão Saraiva R$ 34,20 (-5%) em até 1x no cartão

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Ave Maria Expositio - Comentário À Ave Maria

R$36,00

Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X
Formas de envio Custo Entrega estimada

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 15:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

Na Paris universitária do século XIII, aos mestres na Sagrada Doutrina
(como se denominava então a Teologia), entre eles Santo Tomás de Aquino,
“competia o tríplice ofício de ensinar, presidir os debates
universitários e pregar também ao povo”. Algo especial havia nas
palavras de Santo Tomás. “Na universidade medieval, ensinar significava
antes de tudo ler, isto é, comentar detalhadamente um texto. Nesse ler
compendiava-se quase toda a investigação intelectual daqueles tempos.
Lia-se em voz alta; e, de fato, até hoje sobrevive a expressão ‘ano
letivo’.” Santo Tomás entendia o ministério da Palavra como um natural
prolongamento do ensino.

“A ênfase dada à pregação popular
originou e fomentou uma rica literatura totalmente voltada para o
melhoramento dos sermões. Codificando o chamado ‘sermão moderno’, as
Artes Praedicandi atestam a importância dada ao assunto. Este breve
sermão, In Salutationem Angelicam vulgo Ave Maria Expositio (expositio,
explicação literal ou comentário, melhor traduzido, Comentário à Ave
Maria) segue os moldes da exegese dialética de seu tempo, dividindo a
Saudação Angélica em três partes: a primeira, feita pelo Anjo, a
segunda, por Isabel, mãe de João Batista, a terceira, acrescentada pela
Igreja: ‘Maria’, pois o Anjo dissera ‘Ave, cheia de graça’.” Expõe-se
assim as principais verdades da religião cristã sobre a Mãe de Jesus.
Maria recebeu graças e privilégios por causa de Cristo. Maria é a nova
Eva que nos trouxe o Autor da vida, Maria é figura e Mãe da Igreja. Eis
por que a Ave Maria, que condensa o principal da pessoa e da Mãe do
Senhor, é, depois do Pai Nosso, a mais cara e bela oração dos cristãos.

O
poeta Dante nos faz ouvir Gabriel Arcanjo entoá-la no Paraíso,
alternando sua Saudação com os coros bem-aventurados que se enchem de
luz e claridade ao louvar a Virgem Mãe. O Doutor Angélico pondera que
Deus poderia reparar a natureza humana por muitos outros modos. Ele,
porém conclui que pela Encarnação “Deus manifestou sua Sabedoria ao
solucionar do modo mais belo o mais difícil dos problemas”. “O pecado
original consistiu em se apetecer desordenadamente a excelência divina
mediante o conhecimento. (...) Desejo desordenado de exaltação pessoal.
(...) A soberba é o mais grave dos pecados mortais e, por isso mesmo,
causa o máximo afastamento de Deus. Como justa punição de sua
transgressão, os primeiros pais perderam a santidade ou ‘justiça
original’. (...)

O ser humano ficou de certo modo destituído de
sua criação para o bem.” “Sem a humildade é impossível a infusão da
graça. Deus resiste aos soberbos. A humildade tem como elementos
principais a verdade e a justiça. Pois Deus não concede bem algum para
que permaneça inoperante.” A resposta de Maria ao Anjo denota humildade e
verdade. São Bernardo de Claraval enfatiza a humildade de Maria na
Anunciação, em texto moderno do século XII: “A humildade é mais
necessária. Podes ser salvo sem a virgindade, não sem a humildade.

A
humildade que chora a virgindade perdida pode agradar a Deus mas, sem a
humildade, ouso dizê-lo, nem a virgindade de Maria lhe seria
agradável... Portanto, se Maria não fosse humilde, o Espírito não teria
nela repousado e se não tivesse repousado, também não a teria
fecundado.” Maria mesma disse no Magnificat: Deus olhou para a humildade
de sua serva. Da Anunciação chegamos à Natividade, ao Natal de 2010, em
que a Musa Editora coloca ao alcance do público esse In Salutationem
Angelicam vulgo Ave Maria Expositio ou Comentário à Ave Maria, de Santo
Tomás de Aquino, tradução, introdução e notas de Omayr José de Moraes
Junior, em edição bilíngue, latim-português.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora MUSA
Cód. Barras 9788578710095
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 9788578710095
Profundidade 0.50 cm
Número da edição 1
Ano da edição 2010
Peso 0.20 Kg
Largura 14.00 cm
AutorAquino, Santo Tomás de

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Ave Maria Expositio - Comentário À Ave Maria