Artboard 33Artboard 16Artboard 18Artboard 13Artboard 42Artboard 21Artboard 4Artboard 5Artboard 45Artboard 22Artboard 7Artboard 42Artboard 23Artboard 12Artboard 28Artboard 17?Artboard 28Artboard 43Artboard 49Artboard 47Artboard 15Artboard 32Artboard 6Artboard 22Artboard 5Artboard 25Artboard 1Artboard 42Artboard 11Artboard 41Artboard 11Artboard 23Artboard 10Artboard 4Artboard 9Artboard 6Artboard 8Artboard 7Artboard 3Artboard 12Artboard 25Artboard 34Artboard 43Artboard 44Artboard 16Artboard 24Artboard 13Artboard 5Artboard 24Artboard 31Artboard 1Artboard 12Artboard 27Artboard 30Artboard 36Artboard 44Artboard 9Artboard 17Artboard 6Artboard 27Artboard 30Artboard 29Artboard 26Artboard 2Artboard 20Artboard 35Artboard 15Artboard 14Artboard 50Artboard 26Artboard 14Artboard 40Artboard 21Artboard 10Artboard 37Artboard 46Artboard 33Artboard 8

Baile de Mascaras - Mulheres Judias Prostitut (Cód: 374363)

Kushnir,Beatriz

IMAGO

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 57,00

em até 1x de R$ 57,00 sem juros
Cartão Saraiva: 1x de R$ 54,15 (-5%)

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 1x sem juros de


Baile de Mascaras - Mulheres Judias Prostitut

R$57,00

Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X
Formas de envio Custo Entrega estimada

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 15:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

Foi um extraordinário sucesso editorial este primeiro estudo acadêmico, de Beatriz Kushnir, publicado no Brasil sobre a prostituição judaica. Conhecidas como polacas, essas mulheres deixaram uma marca no folclore urbano brasileiro, embora o total de prostitutas e cáftens judeus que aqui chegaram, entre 1867 e o final da década de 30, não passe de 2 mil. Mais importante do que o número é a rejeição que este grupo sofreu por parte da comunidade judaica mais ampla, intransigente em seus valores morais. Num momento histórico em que os imigrantes judeus lutavam contra o preconceito da sociedade como um todo, era fundamental deixar claro que os envolvidos com a prostituição eram marginais da comunidade. Por isso, não se permitia que participassem de instituições como sinagogas, clubes ou sociedades beneficentes. Nem sequer se permitia que fossem sepultados nos cemitérios dos outros judeus. As polacas e seus cáftens, assim, criaram, no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Santos, sociedades de beneficência e ajuda mútua independentes, organizadas exatamente nos mesmos moldes das que sempre foram características das comunidades judaicas em todo o mundo, e cujos documentos foram minuciosamente estudados por Kushnir. Essas associações encarregavam-se tanto da ajuda a seus velhos ou doentes quanto da manutenção de sinagogas e de cemitérios próprios. O apego à origem étnica e religiosa foi essencial para a sobrevivência psíquica dessas mulheres e para a manutenção de uma auto-imagem positiva, diante das circunstâncias adversas em que viveram. - Luis S. Krausz

Características

Peso 0.32 Kg
Produto sob encomenda Não
Editora IMAGO
I.S.B.N. 8531204852
Altura 21.00 cm
Largura 14.00 cm
Profundidade 1.70 cm
Idioma Português
Acabamento Brochura
CONSUMÍVEL Não
Cód. Barras 9788531204852
Número da edição 1
ANO 1996
MÊS JANEIRO
País de Origem Brasil
Ano da Publicação 1999
AutorKushnir,Beatriz