Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8
Promoção Visa Checkout

Caiçara e a Estação Ecológica de Juréia-itatins - Selo Universidade - Meio Ambiente 285 (Cód: 176773)

Sanches,Rosely Alvim

Annablume

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 25,00
Cartão Saraiva R$ 23,75 (-5%) em até 1x no cartão

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Caiçara e a Estação Ecológica de Juréia-itatins - Selo Universidade - Meio Ambiente 285

R$25,00

Descrição

Na Floresta Atlântica do Vale do Ribeira, transpondo-se a Serra dos Itatins, o olhar abre-se para a planície fluvial do Una do Prelado até o mar. Nesta paisagem única do litoral paulista, que é preservada pela Estação Ecológica de Juréia-Itatins, sobrevive a cultura caiçara há séculos. A criação da EEJI assegurou às futuras gerações o que ainda resta da Floresta Atlântica, mas trouxe conflitos por ter objetivos às vezes antagônicos àquela cultura. Daí surgem várias perguntas. Os caiçaras podem permanecer em uma estação ecológica? Comunidades tradicionais podem continuar coexistindo em condições equilibradas com o ambiente? A julgar pela retórica em torno dessas questões debatidas há décadas, este livro poderia parecer um reexame extemporâneo. Mas, neste livro procura-se mostrar que a origem e a dinâmica do uso da terra têm permitido a sobrevivência dessas populações na Floresta Atlântica, pelo saber secular que inclui a adoção de práticas conservacionistas. A luta pela preservação da floresta, objetivo da EEJI, talvez só possa ter resultado pela conjunção necessária entre sua experiência e o conhecimento de quem nela vive. Perguntem a eles, aos caiçaras.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Annablume
Cód. Barras 9788574194806
Altura 20.00 cm
I.S.B.N. 8574194808
Profundidade 1.00 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2004
Idioma Português
País de Origem Brasil
Número de Páginas 208
Peso 0.20 Kg
Largura 11.50 cm
AutorSanches,Rosely Alvim