Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8
Promoção Visa Checkout
e-book

Chic[érrimo] (Cód: 9354733)

Andrés Sandoval

Harpercollins Brasil (Livros Digitais)

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 34,90
Cartão Saraiva R$ 34,90

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Chic[érrimo]

R$34,90

Descrição

Anos 50, a década do clássico: a moda era ser bem-comportado. Chic era ser “elegante”.Anos 60, a década das revoluções: a moda era ser revolucionário. Chic era ser rebelde.Anos 70, a década da curtição: a moda era ser liberado. Chic era ser experimental.Anos 80, a década do poder: a moda era ser poderoso, o que já não era tão chic…Anos 90, a década da individualidade: a moda era ser único. O que poderia ser chic.Anos 2000, a década das celebridades: a moda é ser celebridade, o que pode dar em vulgaridade. Nada chic.Em resumo, ninguém é chic se não for civilizado.Este livro parte de uma indagação básica – “É possível ser chiquérrimo no século XXI?” – e de um interessante retrospecto da evolução do conceito de “chic” nos últimos 50 anos, numa tentativa de “entender como viemos parar neste momento de supervalorização das imagens, do hedonismo e do narcisismo”. A conclusão a que a reflexão proposta pela autora conduz, e que passa por uma ácida e bem-humorada crítica do culto à “celebridade”, é de que “ninguém é chic se não for civilizado”. Não por coincidência, idéia-força do livro seguinte da Gloria Kalil, Alô, Chics!, seu maior best-seller.Entre o lançamento original deste Chic[érrimo], seu terceiro livro (2003), e Alô, Chics!, o mais recente (2007), Gloria Kalil teve seu público significativamente ampliado, inclusive por conta da participação regular em programas de rádio e televisão.Com Chic[érrimo] ela havia iniciado uma trajetória mais direcionada às questões de comportamento emergentes do novo milênio. Essa tendência se acentuou em Alô, Chics!, um verdadeiro manual de etiqueta contemporânea, consagrado pela venda de mais de 200 mil exemplares em um ano. Esse livro foi lançado também, mais recentemente, na forma de audiobook.O substancial aumento do interesse de um público cada vez mais amplo pelo trabalho de Gloria Kalil justifica agora a reedição atualizada, compactada e graficamente reformulada deste Chic[érrimo], uma obra que, como todas as outras da autora, vem recheada de dicas e sugestões úteis para pequenos e grandes problemas do dia-a-dia das pessoas preocupadas em viver adequadamente a contemporaneidade. Ou, se preferirem, serem verdadeiramente chiquérrimas!!!

Características

Produto sob encomenda Sim
Marca Harpercollins Brasil (Livros Digitais)
Cód. Barras 9788522015894
Territorialidade Internacional
Formato Livro Digital Epub
Gratuito Não
Número de Páginas 240 (aproximado)
Ano da Publicação 114
Peso 0.00 Kg
AutorAndrés Sandoval