Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8

Clínica Dos Fracassos Da Fantasia (Cód: 3674683)

AMIGO,SILVIA

Companhia De Freud

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 50,00
Cartão Saraiva R$ 47,50 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 2x de R$ 25,00 sem juros

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Clínica Dos Fracassos Da Fantasia

R$50,00

Descrição

Habitualmente uma mãe good enough, apenas boa, introduz o campo da linguagem junto com uma intrincação pulsional. Dada essa intrincação, o gozo de uma pulsão está limitado pelo gozo das outras, não se faz de uma pulsão um terreno de gozo, como quem diz um terreno de caça, do corpo do filho. Não é fácil, para uma mulher, tornar-se A mãe. Não lhe seria possível o enorme trabalho e a gigantesca responsabilidade de criar uma criança se não fosse porque esta lhe proporciona a ocasião de estancar a ferida de sua falta fálica. Pênis: criança. Essa equação simbólica, descoberta deslumbrante de Freud, fundamenta o habitual desejo feminino de maternidade. É por essa mesma equação que não é simples para uma mãe resistir à queda no fácil tobogã do exercício, sobre seu rebento, de um permanente gozo fálico. Clinicamente, esse gozo se vetorializa pela via da acentuação do gozo de uma pulsão que, desintrincada do resto, faz do corpo da criança uma espécie de terreno reservado a seu exclusivo arbítrio. Os conselhos de criação de pouco servem. É só a partir do saber inconsciente que uma mulher tornada mãe encontrará a lei que lhe impede esse exercício nefasto. Quando isso não acontece, em vez de primar numa criança a significação fálica (a que afirma que uma criança não significa a falta da mãe, faz ver à mãe o real do real), quando a mãe goza falicamente da criança de forma permanente, a criança será garante da obturação do furo real da mãe. Para o filho, o embate do gozo fálico da mãe, que em geral toma a forma de uma demanda pulsional desintrincada, é vivido como gozo do Outro.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Companhia De Freud
Cód. Barras 9788577240241
Altura 23.00 cm
I.S.B.N. 9788577240241
Profundidade 1.00 cm
Acabamento Brochura
Tradutor Andre Luis de Oliveira Lopes
Número da edição 1
Ano da edição 2008
Idioma Português
Número de Páginas 273
Peso 0.44 Kg
Largura 16.00 cm
AutorAMIGO,SILVIA

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Clínica Dos Fracassos Da Fantasia