Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8

Comentários À Lei de Falências e de Recuperação de Empresas - 11ª Ed. 2016 (Cód: 9269918)

Coelho, Fábio Ulhoa

RT

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 218,00 em até 7x de R$ 31,14 sem juros
Cartão Saraiva R$ 207,10 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 10x de R$ 21,80 sem juros

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 7x sem juros de R$ 0,00


Comentários À Lei de Falências e de Recuperação de Empresas - 11ª Ed. 2016

R$218,00

Descrição

A crise na empresa na preocupa somente o empresário. Se não for solucionada, muitos outros interesses serão afetados: empregados perderão empregos; consumidores deixarão de ser atendidos; o disco arrecadará menos; fornecedores amargarão a redução de vendas; bancos enfrentarão o inadimplemento do cliente.
Se a crise corrói a empresa a ponto de viabilizá-la, a decretação de sua falência é a melhor alternativa para a economia e a sociedade. Procede-se à liquidação do patrimônio do falido e os recursos materiais, humanos e tecnológicos, antes abrigados na empresa liquidada, serão realocados em outras atividades produtivas.
Por outro lado, quando a crise não é grave a ponto de inviabilizar a empresa, sua recuperação judicial ou extrajudicial possibilitará a mitigação dos prejuízos de trabalhadores, consumidores, fisco, fornecedores e bancos. Se, de um lado, nenhuma empresa deve ser salva a qualquer custo, de outro, a permanência da atividade econômica, quando viável, mostra-se preferível à liquidação.
Desde 2005, o direito comercial brasileiro dispõe de mecanismos legais modernos para o enfrentamento da crise nas empresas. A Lei 11.101/2005 reestruturou o processo de falência, com medidas que podem agilizar sua tramitação sua tramitação e aumentar sua eficiência. Também introduziu entre nós, em tramitação e aumentar sua eficiência. Também introduziu entre nós, em substituição à concordata, o instituto da recuperação de empresas, judicial e extrajudicial.
Neste livro, Fábio Ulhoa Coelho, Professor Titular de Direito Comercial da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, comenta os dispositivos da Lei nº 11.101/2005. Partindo da experiência, doutrina e jurisprudência geradas nestes mais de dez anos de vigência, o autor estuda as normas legais aplicáveis à falência e recuperação, sempre atentos aos desdobramentos práticos de sua interpretação.

Características

Produto sob encomenda Sim
Editora RT
Cód. Barras 9788520366806
Altura 21.50 cm
I.S.B.N. 9788520366806
Profundidade 2.50 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 11
Ano da edição 2016
Idioma Português
País de Origem Brasil
Número de Páginas 560
Peso 0.55 Kg
Largura 14.00 cm
AutorCoelho, Fábio Ulhoa

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Comentários À Lei de Falências e de Recuperação de Empresas - 11ª Ed. 2016