Artboard 33atençãoArtboard 18atualizarconectividadeArtboard 42boletocarrinhocartãoArtboard 45cartão SaraivacelularArtboard 42Artboard 23checkArtboard 28Artboard 17?compararcompartilharcompartilhar ativoArtboard 28Artboard 43Artboard 49Artboard 47Artboard 15Artboard 32ebookArtboard 22Artboard 5Artboard 25Artboard 1Artboard 42Artboard 11fecharfilmesArtboard 23gamesArtboard 4Artboard 9Artboard 6hqimportadosinformáticaArtboard 7Artboard 3Artboard 12Artboard 25Artboard 34Artboard 43Artboard 44curtirArtboard 24Artboard 13livrosArtboard 24Artboard 31menumúsicaArtboard 27Artboard 30Artboard 36Artboard 44outrospapelariaArtboard 17Artboard 6Artboard 27Artboard 30Artboard 29Artboard 26Artboard 2Artboard 20Artboard 35estrelaestrela ativorelógiobuscaArtboard 50Artboard 26toda saraivaArtboard 40Artboard 21Artboard 10Artboard 37usuárioArtboard 46Artboard 33Artboard 8seta

De Hegel A Nietzsche - A Ruptura Revolucionária No Pensamento do Século XIX Marx e Kierkegaard (Cód: 8351849)

Lowith,Karl

Unesp

Vendido e entregue por Saraiva

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

De: R$ 89,00

Por: R$ 59,90

em até 1x de R$ 59,90 sem juros
Cartão Saraiva: 1x de R$ 56,91 (-5%)

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 1x sem juros de


De Hegel A Nietzsche - A Ruptura Revolucionária No Pensamento do Século XIX Marx e Kierkegaard

R$59,90

Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X
Formas de envio Custo Entrega estimada

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 15:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

Os estudos de Karl Löwith reunidos nesta obra enfocam o período compreendido entre as vidas de Hegel e Nietzsche e procuram “reescrever”, no horizonte do presente, a história filosófica do século 19. Na primeira parte do livro (“Sobre a história do espírito alemão no século 19”)Löwith estuda os pensadores individualmente e suas afinidades e hostilidades recíprocas. Ele analisa as relações entre Goethe e Hegel e o pensamento de autores que emergiram após a morte de Hegel, como Bauer, Feurbach, Marx, Stirner, Kierkegaard e Shelling, entre vários outros, apresentando ao leitor os vários campos filosóficos surgidos ao longo do século 19. A segunda parte (“Estudos sobre a história do mundo cristão burguês”)é organizada em torno dos temas mais importantes do pensamento daquele período. Löwith dedica um capítulo para cada conceito – sociedade, educação, trabalho, Cristianismo, humanidade –, demonstrando como todos eles gradualmente deixaram de representar um ideal para se transformar em um problema. O trabalho, por exemplo, era visto como o meio para o homem dominar a natureza e, portanto, um grande bem. Com Marx, o trabalho passa a ser visto como fonte de alienação do homem de si mesmo e, portanto, algo ruim. De modo semelhante, Hegel usava a palavra “humanidade” em sentido positivo, enquanto Nietzsche propôs o “homem além do homem”, sugerindo a necessidade de um “super homem” que ultrapassasse sua própria humanidade. Ao longo do livro, Löwith cumpre a meta de trazer à tona, de forma precisa, o período que compreende os pensamentos de Hegel e de Nietzsche. Mas ele não se preocupa em escrever uma história convencional e cronológica, e sim em articular um movimento específico de pensamento, que rastreia a consistência do desenvolvimento filosófico desde Hegel. Tal desenvolvimento parte de Hegel – para quem o mundo era uma grande síntese, um cosmos, um lugar ordenado em que o homem ocupa o nicho central – em direção Nietzsche, que vê o mundo como o caos, um lugar sem sentido em que a experiência fundamental do homem é a angústia e a dor. Na tentativa de determinar o que aconteceu, Löwith começa sujeitando o sistema filosófico de Hegel a uma análise simpática, mas crítica. O filósofo emerge como o grande mediador dos opositores entre fé e razão, objetividade e subjetividade, indivíduo e Estado, teoria e prática. Seus sucessores, especialmente Marx e Kierkegaard, segundo Löwith, despedaçam o que Hegel havia juntado. Na época de Nietzsche, a visão de mundo de Hegel, juntamente com quase todas as visões de mundo do passado, foram questionadas de modo a se tornarem desacreditadas. Com isso, Nietzsche teria sido forçado a uma tentativa de reconstrução, que terminou em sua loucura.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Unesp
Cód. Barras 9788539305698
Altura 23.00 cm
I.S.B.N. 9788539305698
Profundidade 2.60 cm
Acabamento Brochura
Tradutor Flamarion Caldeira Ramos / Luiz Fernando Barrére Martin
Número da edição 1
Ano da edição 2014
Idioma Português
Número de Páginas 458
Seller ID 1
Peso 0.72 Kg
Largura 16.00 cm
AutorLowith,Karl