Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8

Diário de Escola (Cód: 2605281)

PENNAC , DANIEL

Rocco

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 30,00
Cartão Saraiva R$ 28,50 (-5%) em até 1x no cartão

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Diário de Escola

R$30,00

Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X
Formas de envio Custo Entrega estimada

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 15:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

Professor de francês durante 25 anos e escritor aclamado pelo público e pela crítica internacional, Daniel Pennac confessa, sem rodeios, que foi mau aluno. Consciente de suas dificuldades em sala de aula durante a infância e a adolescência, o autor de Diário de escola apresenta aos seus leitores uma abordagem original e perspicaz de que pouco se trata em livros pedagógicos: a dor e a solidão do aluno com baixo rendimento escolar. Sucesso de público e de crítica, ganhador do Prix Renaudot 2007, o mais recente título de Daniel Pennac mescla impressões pessoais com reflexões sobre pedagogia para apresentar o universo escolar pelo viés do aluno.

Nesta declaração de amor ao magistério e explícita homenagem aos grandes professores que lhe salvaram a vida, Pennac retrata, com fina ironia, os conflitos vivenciados pelos alunos com dificuldade de aprendizado. Estigmatizados por seus próprios pais e mestres, esses jovens, ele afirma, logo cedo acreditam que o futuro será apenas e tão-somente uma extensão de seu fracasso escolar. Prisioneiros de um presente perpétuo, crianças e adolescentes vagam pelos corredores das escolas da França e de todo o mundo, com o orgulho ferido e a vergonha estampada no rosto, sem forças ou ajuda para desmentir o seu destino.

Sobrevivente dos guetos escolares, Daniel Pennac deixa de lado a liturgia do cargo de professor para falar abertamente sobre a experiência de décadas como aluno e como educador. Propondo um saboroso diálogo entre o lento analfabeto do passado e o bem-sucedido homem de letras do presente, o autor acredita que os estudantes-problema são a razão de ser dos homens e mulheres que se dedicam ao magistério.

Com uma visão crítica de seus colegas de profissão, assim como do sistema educacional francês, o autor reconhece que nem sempre o esforço para 'salvar do afogamento' um aluno de baixo rendimento tem o efeito esperado. Nenhum professor está isento desse gênero de fracasso, ele afirma. Com profundas cicatrizes de seus tempos de magistério, além de muitas boas histórias, Pennac lança um olhar de preocupação para as novas gerações de 'fracassados' franceses.

Pela primeira vez na história, diz o autor, os lerdos emblemáticos não são casos especiais, motivos de risos nas salas dos professores, mas toda a juventude de todos os subúrbios, em um flagrante apartheid escolar e social. Iludidos pelo consumo desenfreado, abandonados pela família e pela escola, os maus alunos são uma presa fácil nas sociedades contemporâneas. Mais do que nunca, ensina o professor Pennac, lecionar torna-se um ato de resistência. E de amor.

Características

Peso 0.31 Kg
Produto sob encomenda Sim
Editora Rocco
I.S.B.N. 9788532523723
Altura 20.00 cm
Largura 13.50 cm
Profundidade 1.00 cm
Número de Páginas 240
Idioma Português
Acabamento Brochura
Cód. Barras 9788532523723
Número da edição 1
Ano da edição 2008
País de Origem Brasil
AutorPENNAC , DANIEL