Artboard 33atençãoArtboard 18atualizarconectividadeArtboard 42boletocarrinhocartãoArtboard 45cartão SaraivacelularArtboard 42Artboard 23checkArtboard 28Artboard 17?compararcompartilharcompartilhar ativoArtboard 28Artboard 43Artboard 49Artboard 47Artboard 15Artboard 32ebookArtboard 22Artboard 5Artboard 25Artboard 1Artboard 42Artboard 11fecharfilmesArtboard 23gamesArtboard 4Artboard 9Artboard 6hqimportadosinformáticaArtboard 7Artboard 3Artboard 12Artboard 25Artboard 34Artboard 43Artboard 44curtirArtboard 24Artboard 13livrosArtboard 24Artboard 31menumúsicaArtboard 27Artboard 30Artboard 36Artboard 44outrospapelariaArtboard 17Artboard 6Artboard 27Artboard 30Artboard 29Artboard 26Artboard 2Artboard 20Artboard 35estrelaestrela ativorelógiobuscaArtboard 50Artboard 26toda saraivaArtboard 40Artboard 21Artboard 10Artboard 37usuárioArtboard 46Artboard 33Artboard 8seta

Diários de Andy Warhol - Vol. 2 (1982 - 1987) (Cód: 3979153)

Warhol,Andy

L&PM

Vendido e entregue por Saraiva

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

De: R$ 14,90

Por: R$ 12,90

em até 1x de R$ 12,90 sem juros
Cartão Saraiva: 1x de R$ 12,26 (-5%)

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 1x sem juros de


Diários de Andy Warhol - Vol. 2 (1982 - 1987)

R$12,90

Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X
Formas de envio Custo Entrega estimada

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 15:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

De 1976 até sua morte em 1987, Andy Warhol telefonava todas as manhãs para a escritora Pat Hackett, sua amiga e colaboradora, e relatava os acontecimentos das últimas 24 horas: onde tinha ido, o que tinha feito, quem tinha visto e o que achava de tudo isso. O relato que começou despretenciosamente, com o passar do tempo transformou-se no diário mais sincero e compulsivo já escrito por uma personalidade deste século. Após a morte de A.W., Diários de Andy Warhol foi organizado e publicado por Pat, provocando processos e arrepios nos billionaires e mega-stars internacionais. Mick Jagger, Ronald Reagan, Truman Capote, John Lennon e Yoko Ono, Fellini, Pelé, Jack Nicholson, Madonna e mais centenas de pessoas famosas estão expostas em comentários que vão do chocante ao hilariante. O livro Diários de Andy Warhol foi publicado originalmente pela L&PM Editores em 1989, com quase 800 páginas. Em versão pocket, o volume um compreende os anos 1976 a 1981 e o volume dois, de 1982 a 1987 - ambos com índice remissivo.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora L&PM
Cód. Barras 9788525425232
Altura 17.80 cm
Profundidade 3.10 cm
Acabamento Brochura
Tradutor Celso Loureiro Chaves
Ano da edição 2012
Idioma Português
País de Origem Brasil
VOLUME 2
Peso 0.41 Kg
Largura 10.70 cm
AutorWarhol,Andy

Leia um trecho

Sexta-feira, 1º de janeiro, 1982 – Aspen. Resolvi ir ao hospital conferir se quebrei o braço quando caí ontem. Fui até a sala de emergência, foram realmente amáveis lá. Uma mulher foi muito divertida, era de Pittsburgh ou da minha escola primária ou algo assim, e aí tiraram radiografias, enquanto a gente esperava pelo resultado me colocaram num daqueles cubículos feitos com roupa de cama, e aí trouxeram um homem numa cadeira de rodas que perguntou, “Estou no céu?”, e disse que não sentia nada abaixo do pescoço, todos ficaram assustados e o levaram para a máquina de raios X. Havia também uma porção de garotos com ossos saindo das pernas, assustador. E aí eram 4 da tarde e Jon tinha um encontro com um cara da Paramount Pictures chamado Dawn Steel no United City Bank. Fui jantar na casa de Barbi Benton. Zev Bufman, o produtor de Little Foxes, estava lá. Com mrs. Bufman, que me dei conta que jamais permitiria que ele tivesse um caso com Elizabeth Taylor. Barbi nos mostrou a casa, é como a Watts Tower, tudo feito à mão – o arquiteto ia até um córrego e buscava o mármore para usar nas escadas. Até que seria agradável, mas sem as coisas que Barbi colocou lá dentro.