Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8

Diários de Andy Warhol - Vol. 1 (1976 - 1981) (Cód: 3979113)

Warhol, Andy

L&PM

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 14,90
Cartão Saraiva R$ 14,16 (-5%) em até 1x no cartão

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Diários de Andy Warhol - Vol. 1 (1976 - 1981)

R$14,90

Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X
Formas de envio Custo Entrega estimada

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 15:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

De 1976 até sua morte em 1987, Andy Warhol telefonava todas as manhãs para a escritora Pat Hackett, sua amiga e colaboradora, e relatava os acontecimentos das últimas 24 horas: onde tinha ido, o que tinha feito, quem tinha visto e o que achava de tudo isso. O relato que começou despretenciosamente, com o passar do tempo transformou-se no diário mais sincero e compulsivo já escrito por uma personalidade deste século. Após a morte de A.W., Diários de Andy Warhol foi organizado e publicado por Pat, provocando processos e arrepios nos billionaires e mega-stars internacionais. Mick Jagger, Ronald Reagan, Truman Capote, John Lennon e Yoko Ono, Fellini, Pelé, Jack Nicholson, Madonna e mais centenas de pessoas famosas estão expostas em comentários que vão do chocante ao hilariante. O livro Diários de Andy Warhol foi publicado originalmente pela L&PM Editores em 1989, com quase 800 páginas. Em versão pocket, o volume um compreende os anos 1976 a 1981 e o volume dois, de 1982 a 1987 - ambos com índice remissivo.

Características

Peso 0.46 Kg
Produto sob encomenda Não
Editora L&PM
I.S.B.N. 9788525425225
Altura 17.80 cm
Largura 10.70 cm
Profundidade 3.40 cm
Número de Páginas 606
Idioma Português
Acabamento Brochura
Tradutor Celso Loureiro Chaves
VOLUME 1
Cód. Barras 9788525425225
Número da edição 1
Ano da edição 2012
AutorWarhol, Andy

Leia um trecho

Quarta-feira, 24 de novembro, 1976 – Vancouver-Nova York. Saí da cama às 7 da manhã em Vancouver e fui de táxi para o aeroporto ($15 mais $5 de gorjeta, revistas, $5). É o fim da viagem a Seattle para a inauguração do Seattle Art Museum, de onde nós fomos a Los Angeles para o casamento de Marisa Berenson com Jim Randall, e de lá para Vancouver para o vernissage da minha exposição na Ace Gallery de lá. Mas ninguém em Vancouver compra arte – eles não se interessam por pintura. Catherine Guinness [v. Introdução] só ficou irritada no último dia e aí ela começou a fazer aquela coisa chata maçante dos ingleses – me perguntando de novo e de novo, “O que exatamente é Pop Art?”. Foi como quando nós entrevistamos Albert King, aquele cara do blues, para Interview, e ela ficou perguntando, “O que exatamente é soul food?” Assim ela me torturou por duas horas no avião (táxi de La Guardia $13, gorjeta $7 – Catherine foi generosa e deu $20 para ele). Deixei Fred no caminho. Cheguei em casa. Fiz um jantar de Dia de Ação de Graças com Jed, mais cedo [v. Introdução]. Ele passou o carro pela revisão para nossa viagem a Chadds Ford amanhã de manhã para visitar Phyllis e Jamie Wyeth.