Artboard 33Artboard 16Artboard 18Artboard 13Artboard 42Artboard 21Artboard 4Artboard 5Artboard 45Artboard 22Artboard 7Artboard 42Artboard 23Artboard 12Artboard 28Artboard 17?Artboard 28Artboard 43Artboard 49Artboard 47Artboard 15Artboard 32Artboard 6Artboard 22Artboard 5Artboard 25Artboard 1Artboard 42Artboard 11Artboard 41Artboard 11Artboard 23Artboard 10Artboard 4Artboard 9Artboard 6Artboard 8Artboard 7Artboard 3Artboard 12Artboard 25Artboard 34Artboard 43Artboard 44Artboard 16Artboard 24Artboard 13Artboard 5Artboard 24Artboard 31Artboard 1Artboard 12Artboard 27Artboard 30Artboard 36Artboard 44Artboard 9Artboard 17Artboard 6Artboard 27Artboard 30Artboard 29Artboard 26Artboard 2Artboard 20Artboard 35Artboard 15Artboard 14Artboard 50Artboard 26Artboard 14Artboard 40Artboard 21Artboard 10Artboard 37Artboard 46Artboard 33Artboard 8

Discursos, Personagens e Tramas - A Imprensa Maçônica No Pará do Século XIX (Cód: 9174877)

Christian De Souza Santos ,Alan

Editora Prismas

Este produto está temporariamente indisponível no site, mas não se preocupe, você pode reservá-lo para retirada em uma loja física!

Reserve seu produto na loja para retirada em até 1 hora.
Ops! Este produto está temporariamente indisponível. Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.
Ops! Este produto está temporariamente indisponível. Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 61,00

em até 2x de R$ 30,50 sem juros
Cartão Saraiva: 1x de R$ 57,95 (-5%)

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 2x sem juros de


Discursos, Personagens e Tramas - A Imprensa Maçônica No Pará do Século XIX

R$61,00

Descrição

A atuação maçônica na imprensa paraense do século XIX é observada nestas páginas a partir do contraponto entre o revelar e o esconder. Destacam-se, sobretudo, dois momentos distintos dessa mesma operação. No primeiro, a maçonaria abandona em parte sua postura reservada e decide criar um jornal oficial (O Pelicano) para fazer frente aos ditames do catolicismo ultramontano (A Boa Nova). E, no segundo, ela parece retornar a sua condição inicial de discrição ao suspender a circulação da publicação, mas sem necessariamente retirar-se do meio jornalístico. De maneira que as vozes dos representantes da instituição maçônica intercalavam práticas ou estratégias de segredo e publicidade que extrapolavam as folhas impressas. Tramas que o presente trabalho procurou descortinar a partir de cuidadosa investigação e análise documental. Dentre outras coisas, esse contato com os vestígios de outrora tornou possível a identificação nominal de um amplo conjunto de maçons paraenses e o conhecimento, ainda que parcial, de uma parcela de temas, tensões e conflitos que ora os aproximava como ¿irmãos¿ e ora os colocava definitivamente em lados opostos na imprensa, nas lojas e na vida. Levando em consideração as mudanças de ordem social e política que aconteceram ao longo da temporalidade abordada, como a abolição da escravidão e a implantação da República, o livro discute ainda o modo pelo qual os discursos, práticas e representações dos maçons se articulavam com as transformações que a um só tempo atingiam a província do Pará e a sociedade imperial brasileira como um todo.

Características

Peso 0.48 Kg
Produto sob encomenda Não
Editora Editora Prismas
I.S.B.N. 9788568274187
Altura 23.00 cm
Largura 17.00 cm
Profundidade 1.80 cm
Número de Páginas 319
Idioma Português
Acabamento Brochura
Cód. Barras 9788568274187
Número da edição 1
Ano da edição 2015
AutorChristian De Souza Santos ,Alan