Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8
  • 195917
  • 195920

Do Amazonas a Paris (Cód: 195816)

Monteiro,Vicente Rego

Edusp

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 150,00 em até 5x de R$ 30,00 sem juros
Cartão Saraiva R$ 142,50 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 7x de R$ 21,43 sem juros

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 5x sem juros de R$ 0,00


Do Amazonas a Paris

R$150,00

Descrição

'Légendes, Croyances et Talismans des I'Amazone' (1923) oferece ao público brasileiro a versão fac-similar, acrescida da tradução anotada para o português, das lendas, crenças e mitos das tribos indígenas do Amazonas. Neste livro de artista convergem os sólidos conhecimentos de Vicente do Rego Monteiro, fruto de leituras e de intensas pesquisas no Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista, Rio de Janeiro, e no Museu de Etnografia de Paris, o Trocadéro. As régias ilustrações são reveladoras do exotismo próprio ao art-nouveau do período, confluindo com a abstração da cerâmica e da cestaria marajoara - presentes na capa a nas vinhetas do livro.
Em 'Quesques Visages de Paris' (1925) o design art-déco/marajoara do cacique que visita Paris parodia a kodak do globe-trotter vanguardista. Não é o primeiro caso do que poderia se denominar, numa leitura invertida, de 'A Europa dos Viajantes', contada pelo olhar de um cacique amazonense. Rego Monteiro inventa uma viagem indígena fictícia e adverte o leitor: Um dia, um chefe indígena deixou a mata virgem e veio incógnito a Paris. Depois de alguns dias, cansado de tantas grandezas, retornou a sua oca.

Características

Peso 0.78 Kg
Produto sob encomenda Não
Editora Edusp
Altura 24.50 cm
Largura 22.50 cm
Profundidade 2.20 cm
Idioma Português,Francês
Acabamento Brochura
Cód. Barras 9999001958162
Ano da edição 2005
AutorMonteiro,Vicente Rego