Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8

Economia dos Conflitos Sociais (Cód: 2648835)

Bernardo,João

Expressão Popular

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 18,00
Cartão Saraiva R$ 17,10 (-5%) em até 1x no cartão

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Economia dos Conflitos Sociais

R$18,00

Descrição

Um livro polêmico e que, ao ser lido e estudado, merece da parte do leitor atenção especial e postura crítica diante das teses nele apresentadas. O autor situa-se no campo da corrente dos “autonomistas” e postula que Marx seria o ideólogo de uma classe social que teria se tornado a classe dominante no capitalismo contemporâneo, mas que estava apenas surgindo no século 19.

Sua tese central é: se o marxismo das forças produtivas reduz a significação e a importância da mais-valia na crítica ao capital, o marxismo das relações de produção encontra na crítica da mais-valia o seu ponto central e, por isso, concebe o modo de produção e suas forças produtivas como relações sociais capitalistas fundadas na exploração da força de trabalho e na extração da mais-valia. São as relações sociais de produção capitalistas que plasmam as forças produtivas e não o contrário. E, sendo as relações sociais de produção estruturadas a partir da mais-valia, as lutas de classes tornam-se fundamentais, tanto para a manutenção quanto para a ruptura do sistema.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Expressão Popular
Cód. Barras 9788577430826
Altura 0.00 cm
I.S.B.N. 9788577430826
Profundidade 0.00 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2009
Idioma Português
País de Origem Brasil
Número de Páginas 496
Peso 0.44 Kg
Largura 0.00 cm
AutorBernardo,João

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Economia dos Conflitos Sociais