Artboard 33Artboard 16Artboard 18Artboard 13Artboard 42Artboard 21Artboard 4Artboard 5Artboard 45Artboard 22Artboard 7Artboard 42Artboard 23Artboard 12Artboard 28Artboard 17?Artboard 28Artboard 43Artboard 49Artboard 47Artboard 15Artboard 32Artboard 6Artboard 22Artboard 5Artboard 25Artboard 1Artboard 42Artboard 11Artboard 41Artboard 11Artboard 23Artboard 10Artboard 4Artboard 9Artboard 6Artboard 8Artboard 7Artboard 3Artboard 12Artboard 25Artboard 34Artboard 43Artboard 44Artboard 16Artboard 24Artboard 13Artboard 5Artboard 24Artboard 31Artboard 1Artboard 12Artboard 27Artboard 30Artboard 36Artboard 44Artboard 9Artboard 17Artboard 6Artboard 27Artboard 30Artboard 29Artboard 26Artboard 2Artboard 20Artboard 35Artboard 15Artboard 14Artboard 50Artboard 26Artboard 14Artboard 40Artboard 21Artboard 10Artboard 37Artboard 46Artboard 33Artboard 8

Estação Paraíso (Cód: 2002971)

Freire,Alipio

Expressão Popular

Este produto está temporariamente indisponível no site, mas não se preocupe, você pode reservá-lo para retirada em uma loja física!

Reserve seu produto na loja para retirada em até 1 hora.
Ops! Este produto está temporariamente indisponível. Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.
Ops! Este produto está temporariamente indisponível. Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 10,00

em até 1x de R$ 10,00 sem juros
Cartão Saraiva: 1x de R$ 9,50 (-5%)

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 1x sem juros de


Estação Paraíso

R$10,00

Descrição

'Estação Paraíso' reúne um conjunto de poemas criados e escritos no interior da dinâmica da luta de classes (da política), no seu sentido mais amplo e profundo em seus mais diversos fronts. Essa unidade não se constitui, entretanto, em um panfleto propagandista, como tampouco se propõe a ser um olhar neutro sobre a realidade em que foi produzida. Ela busca captar a dinâmica e o movimento da matéria, da sociedade, dos homens e mulheres – sujeitos que agiram e agem na história, interferindo e buscando definir seu curso. Nesse sentido, a forma sob a qual essa realidade nos é exposta dá o tom e o teor do posicionamento do autor frente à disputa pelas classes de seus interesses e projetos.
Particularidade e universalidade dialogam ao longo do livro, tanto no que diz respeito ao tempo quanto ao espaço, como também à temática. Passando por temas específicos de sua época, mas que não se fecham em si, suscitam essa ligação com questões objetivas colocadas pelos embates, e caras a todos os que se comprometem com a transformação da sociedade. Cabe ressaltar que este caráter pode não estar explícito nos textos, que em parte não tratam diretamente de lutas, ações revolucionárias ou bandeiras tremulando. Nestes, a questão política se traduz no tratamento dado a experiências de vida, ao movimento da realidade, a partir de um ponto de vista crítico-militante. Diferentemente daquilo que postulam os dogmáticos, a compreensão que Estação Paraíso tem de crítica e militância não se traduz em propagandismo raso. Ao contrário, ela resulta em uma práxis, em um que-fazer político que se traduz em ações e poemas.
(Miguel Yoshida)

Características

Peso 0.44 Kg
Produto sob encomenda Não
Editora Expressão Popular
I.S.B.N. 9788577430215
Altura 0.00 cm
Largura 0.00 cm
Profundidade 0.00 cm
Número de Páginas 128
Idioma Português
Cód. Barras 9788577430215
País de Origem Brasil
AutorFreire,Alipio