Artboard 33Artboard 16Artboard 18Artboard 13Artboard 42Artboard 21Artboard 4Artboard 5Artboard 45Artboard 22Artboard 7Artboard 42Artboard 23Artboard 12Artboard 28Artboard 17?Artboard 28Artboard 43Artboard 49Artboard 47Artboard 15Artboard 32Artboard 6Artboard 22Artboard 5Artboard 25Artboard 1Artboard 42Artboard 11Artboard 41Artboard 11Artboard 23Artboard 10Artboard 4Artboard 9Artboard 6Artboard 8Artboard 7Artboard 3Artboard 12Artboard 25Artboard 34Artboard 43Artboard 44Artboard 16Artboard 24Artboard 13Artboard 5Artboard 24Artboard 31Artboard 1Artboard 12Artboard 27Artboard 30Artboard 36Artboard 44Artboard 9Artboard 17Artboard 6Artboard 27Artboard 30Artboard 29Artboard 26Artboard 2Artboard 20Artboard 35Artboard 15Artboard 14Artboard 50Artboard 26Artboard 14Artboard 40Artboard 21Artboard 10Artboard 37Artboard 46Artboard 33Artboard 8
e-book

Estilo tardio (Cód: 9321848)

Said,Edward W.

Companhia Das Letras (Edição Digital)

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 26,00

em até 1x de R$ 26,00 sem juros

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 1x sem juros de


Estilo tardio

R$26,00

Descrição

As últimas composições de Beethoven; o romance O Leopardo, de Giuseppe Tomasi di Lampedusa, e sua adaptação para o cinema por Luchino Visconti; as óperas 'italianas' de Mozart; os poemas de Konstantinos Kaváfis; a 'reinvenção' de Bach pelo pianista Glenn Gould. Com erudição e sensibilidade, Said passeia por essas e outras obras revelando traços em comum, a despeito de suas vertiginosas diferenças: em todas elas se manifesta o que o ensaísta define - a partir de conceito cunhado por Theodor Adorno - como 'estilo tardio', uma relação problemática de seus criadores com a cultura de seu tempo e com sua própria tradição artística. São obras em geral contraditórias e cheias de nuances insuspeitadas, que revelam uma reação de seus autores contra a morte que os espreita e contra a domesticação de sua arte. Publicados postumamente, os ensaios deste livro estão entre os últimos textos escritos pelo pensador palestino-americano, quando já tinha consciência de que seu fim estava próximo. Neles se revelam em toda a plenitude as qualidades que fizeram de Said um dos maiores críticos de cultura da nossa época: a argúcia, a sensibilidade artística e a inquietação intelectual.

Características

Peso 0.00 Kg
Produto sob encomenda Não
Marca Companhia Das Letras (Edição Digital)
Número de Páginas 192 (aproximado)
Idioma 333
Acabamento e-book
Cód. Barras 9788580865431
Ano da Publicação 109
AutorSaid,Edward W.