Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8

Expressão (Cód: 2861643)

Lins,Daniel

Forense Universitária

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 33,00
Cartão Saraiva R$ 31,35 (-5%) em até 1x no cartão

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Expressão

R$33,00

Descrição

Este livro coloca o leitor em uma espécie de ontologia sísmica, em uma transcendência sem transcendental, em uma escrita que é movimento de territorialização (marca-se um espaço) e desterritorialização (errância, força de pensamento órfão), permeada por uma expressão que é pura melodia, ritornelo, linha de fuga da criança para espantar seus temores.
Pois ler um texto é também um saber que extrapola a cognição carcerária, a ontologia-prisão, modo de conhecimento que tudo conhece de antemão. Ler é uma prova que permite ao leitor advir em instância de desejo pela vontade do desafio. O experimento nunca é fechado pela comunicação hierárquica ou significante, nem por aquilo que o discurso recorta e encena.
A escrita é o traço ou dobras que o agente dessa aventura deixa. Contradizendo o caráter efêmero e imediato da experiência, a escrita tende para a troca e duração em um tempo não linear. Ela busca um convívio, eis por que os personagens aqui presentes são conceitos, engendramento de uma invenção. Nesse sentido, o ato de escrever, como tradução da experiência em palavra, se inscreve em uma ordem radical do gozo, isto é, em uma potência de sobrevivência para além da morte: só os organismos morrem.
Ao tentar dizer o indizível, o imperceptível do amor à vida, entra-se em um devir-ritornelo em que a escrita é estilo, charme cantador que exorciza as escarificações mediante um fluxo energético, fragmentos de vida...

Características

Produto sob encomenda Sim
Editora Forense Universitária
Cód. Barras 9788521804208
Altura 0.00 cm
I.S.B.N. 9788521804208
Profundidade 0.00 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2009
Idioma Português
Número de Páginas 108
Peso 0.44 Kg
Largura 0.00 cm
AutorLins,Daniel

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Expressão